ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Momento Saúde Bucal

Dicas para evitar problemas em tratamentos odontológicos

Por Marco Polo Siebra (*) | 05/12/2023 15:22

Final de ano chegando, 13° saindo e é uma boa oportunidade de cuidar da saúde bucal, certo?

Certíssimo, cuidar da saúde bucal é muito importante principalmente quando está chegando as festa e o ano novo. Nada melhor do que começar o ano novo com um sorriso impactante e cheio de saúde certo?

Mas aí vem uma pergunta, como escolher um bom dentista? Pensando nessa dúvida resolvi fazer esse vídeo com seis dicas para você escolher um bom dentista.

1. Pesquise sobre o dentista: antes de escolher um dentista, pesquise sobre ele. Verifique se ele é licenciado e se tem boas avaliações de outros pacientes. Você pode encontrar avaliações em sites como o Google o seu Negócio, Google Maps, Yelp e outros.

2. Peça referências: peça referências a amigos e familiares. Eles podem ter tido experiências positivas com um dentista em particular, que realmente solucionou os problemas de saúde bucal.

3. Verifique a documentação odontológica: certifique-se de que o dentista solicita radiografias e exames e que mantém toda a documentação odontológica dos pacientes organizadas e completas. Com a documentação em dia, o dentista pode até mesmo se livrar de processos, caso seja provado por esses documentos que a acusação é infundada¹.

4. Faça perguntas: não tenha medo de fazer perguntas ao dentista. Pergunte sobre o procedimento que você está prestes a fazer, os riscos envolvidos, o tempo de recuperação, a longevidade do tratamento proposto e tudo o que você achar pertinente. Um bom dentista deve estar disposto a responder a todas as suas perguntas e esclarecer todas as suas dúvidas.

5. Obtenha uma segunda opinião: se você não tem certeza sobre o diagnóstico ou tratamento proposto pelo dentista, obtenha uma segunda opinião de outro dentista. Isso pode ajudá-lo a tomar uma decisão mais embasada e mais segura, afinal é uma situação que requer um investimento e é saúde.

6. Tenha registros: tenha um plano de tratamento proposto e assinado pelo dentista. Mantenha registros de todos os procedimentos odontológicos que você fez. Isso pode ajudá-lo a acompanhar seu histórico odontológico e a identificar quaisquer problemas futuros.

Espero que essas seis dicas ajudem você a evitar de ser enganado por dentistas. Lembre-se de que um bom dentista deve estar sempre disposto a responder a todas as suas perguntas, registrar e documentar todo o tratamento proposto a você e fornecer o melhor tratamento possível. Você tem que ter um histórico odontológico fornecido pelo dentista. Afinal, a saúde começa pela boca e um sorriso gostoso é sinal de autoestima elevada e melhor qualidade de vida.

E aí, gostou dessas dicas? Então compartilhe e qualquer dúvida me mande um direct no meu Instagram @drmarcopolosiebra. Que terei maior prazer em te ajudar.

Muito obrigado, até o próximo vídeo.

(*) Marco Polo Siebra é odontólogo há mais de 30 anos, Especialista em: Prótese Dentária; Odontogeriatria; Implantodontia. É Master Coach Pela FEBRACIS (Federação brasileira de Coaching Integral Sistêmico), Ministrante dos Cursos: Pode da Ação; Poder e Alta Performance; Jeito de Viver Família; Educar, Amar e Dar limites; Decifre e Influencie Pessoas; Coach de Carreira; Analista de Perfil Comportamental; Processo de Coaching Individual; Processo de Coaching em Grupo; Especialista em “Neurociência e Performance Humana” na Faculdade FEBRACIS; Presidente da Liga de Neurociência da Febracis Pós-graduações; Coordenador de um Grupo de Apoio para familiares e cuidadores de pessoas com Alzheimer. Hoje tem como principal missão e propósito de vida impactar e transformar pessoas de forma que concretizem seus sonhos e objetivos em todas as áreas da vida.

Nos siga no Google Notícias