ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 

Saúde Viva

O viés podre do Direito à Saúde

Por Anaísa Banhara (*) | 13/06/2024 08:12

Na data de hoje, me deparei com uma notícia estarrecedora: uma criança com câncer terminal recebe medicamento falso para seu tratamento!

O que está por detrás dessa notícia? Dois advogados e uma importadora.

Em conluio, os advogados e a importadora apropriaram-se de 2 milhões de reais que seriam usados para comprar as medicações que a criança esperava. No lugar, os safados entregaram medicação falsa.

O paradeiro dos abençoados é desconhecido.

O quão horripilante isso soa aos nossos ouvidos e coração? Saber que pessoas que profissionalmente se estabeleceram com a promessa de lutar pela vida do próximo, estão matando seus clientes?

Aonde mesmo o ser humano é capaz de chegar?

É simplesmente asqueroso e doentio admitir que alguém que foi constituído como ser essencial à administração da justiça, use de sua função para matar aquele que deveria proteger?

Não pode existir meio certo, meio errado, ou “faço porque todos fazem”.

Desculpem a franqueza, mas a coisa já começou errado. Não se pode admitir que um advogado receba comissão de médico por indicação de paciente; que advogado receba porcentagem pela indicação da empresa importadora.

Mas o que tem demais, Anaísa?

Tudo. A partir do momento que você passa a indicar um profissional, do qual você recebe comissão (DINHEIRO), você não está mais indicando o serviço por sua qualidade, você está indicando o DINHEIRO. Você deixa de pensar no que seria o melhor para o paciente e passa a considerar o que aceitável para seu bolso.

Não dá. Não dá. O errado continua sendo errado mesmo que todos estejam fazendo e o certo é certo mesmo que ninguém esteja fazendo.

Que Deus nos abençoe a seguir Sua inteira retidão.

(*) Anaísa Maria Gimenes Banhara dos Santos, 34 anos, é advogada e proprietária do escritório Banhara Advocacia em Campo Grande, MS, especializado em demandas de saúde contra planos de saúde e o SUS. Com inscrição na OAB/MS e suplementares na OAB/DF e OAB/SP, é especialista em acesso à saúde e pioneira em tutelas de urgência para medicamentos de alto custo como Voxzogo e Zolgensma. Atua também na concessão de tratamentos oncológicos avançados e é ativista na causa. Membro de diversas comissões da OAB e ABA, é palestrante, colunista, professora universitária e foi assessora jurídica no Ministério Público Estadual por mais de dez anos. Graduada em Direito pela UCDB, possui MBA em Direito da Saúde e Compliance Hospitalar. Fluente em português, inglês e espanhol, domina o pacote Office e Internet. Siga nas redes sociais: @anaisabanhara.

Nos siga no Google Notícias