A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Outubro de 2018


29/06/2018 07:05

Guilhermo Ochoa, o paredão mexicano, de novo no caminho do Brasil

Além dos atacantes Chicharito Hernandez e Giovani dos Santos, o México tem a experiência do goleiro de 32 anos para segurar o Brasil

De Moscou, Paulo Nonato de Souza
O goleiro Guilhermo Ochoa, uma segurança na defesa do México nesta Copa do Mundo, e preocupação para o BrasilO goleiro Guilhermo Ochoa, uma segurança na defesa do México nesta Copa do Mundo, e preocupação para o Brasil

Guilhermo Ochoa, 32 anos. Este é um dos nomes da seleção México que podem ser sérios obstáculos para o Brasil na partida da próxima segunda-feira, às 10h (no horário de Mato Grosso do Sul), pelas oitavas de final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Além dos atacantes Chicharito Hernandez, e o brasileiro naturalizado Giovani dos Santos, o México tem na experiência do goleiro Guillermo Ochoa, uma de suas armas para superar o Brasil e seguir adiante na competição mundial.

Ochoa é unanimidade no México, uma espécie de Taffarel deles. É um goleiro seguro, que está em sua quarta Copa do Mundo, a segunda como titular do time mexicano, e fez defesas milagrosas para segurar o empate de 0 a 0 no confronto entre as duas seleções na Copa do Mundo de 2014, só que pela fase de grupos.

Naquele confronto pela segunda rodada do Grupo E da Copa realizada no Brasil, com o Estádio Castelão completamente lotado, o goleiro Ochoa salvou duas conclusões de Neymar, uma de Paulinho e outra de Thiago Silva, e novamente eles estarão frente a frente na próxima segunda-feira, mas desta vez valendo vaga nas quartas de final do Mundial da Rússia.

Agora o duelo entre Brasil e México é pelo sistema mata-mata, ou seja, perdeu está eliminado. Se Ochoa repetir a atuação em Fortaleza e segurar o empate sem gol, o jogo irá para a prorrogação de 30 minutos, prevalecendo a igualdade no placar a decisão da vaga será em cobranças de penalidades máxima.

O técnico Juan Carlos Osorio, ex-São Paulo, ainda não confirmou, mas tudo indica que o México poderá ter uma novidade bastante conhecida em campo para enfrentar o Brasil. Aos 39 anos, o zagueiro Rafael Márquez é cotado para começar a partida como titular.

É que o México não poderá contar com Héctor Moreno, titular da zaga, que cumprirá suspensão. Titular do México nos três primeiros jogos, o camisa 15 recebeu cartão amarelo contra a Alemanha (vitória por 1 a 0 na estreia) e contra a Suécia (derrota por 3 a 0 na terceira rodada), e não poderá enfrentar o Brasil.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.