ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  02    CAMPO GRANDE 24º

Direto das Ruas

Alunos denunciam faculdade: “Corremos sério risco de perder Fies e o semestre”

O fundo de financiamento permite o acesso dos mais pobres ao ensino superior

Por Aline dos Santos | 23/02/2021 10:18
Reclamações em rede social foi encaminhada ao Campo Grande News. 
Reclamações em rede social foi encaminhada ao Campo Grande News.

Acadêmicos de Direito denunciam que a Facsul (Faculdade Mato Grosso do Sul) se nega a fazer o aditamento do Fies 2020/2022 (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior) e estão impedidos de assistir as aulas online.

O fundo custeia quase toda a mensalidade, que no valor integral é de R$ 914. O subsídio permite o acesso dos mais pobres ao ensino superior e a conta é paga de forma parcelada após o aluno concluir o curso.

O universitário David Mendes Gonçalves conta que está no grupo de acadêmicos do nono semestre de Direito que não consegue fazer a rematrícula. “Estamos correndo sério risco de perder o Fies e o semestre. Os alunos estão impedidos de assistir às aulas online”, diz. O fundo custeia 91% da mensalidade de David.

Ainda de acordo com ele, a faculdade está sem reitor desde a migração da FCG (Faculdade Campo Grande) para a Facsul e o grupo não tem canal de diálogo. A reportagem entrou em contato com a Facsul e aguarda retorno.

Direto das Ruas - Quer sugerir uma pauta também? Entre em contato conosco pelo Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563. Clique aqui e envie agora.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário