ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 23º

Direto das Ruas

Paciente com covid espera atendimento há mais de 6 horas em UPA

Paciente diz que pegou resultado de teste hoje e procurou o posto por estar com muita falta de ar

Por Ana Paula Chuva | 01/03/2021 16:20
UPA Leblon lotada de pacientes na tarde desta segunda-feira. (Foto: Direto das Ruas)
UPA Leblon lotada de pacientes na tarde desta segunda-feira. (Foto: Direto das Ruas)

Mesmo com cinco médicos escalados para a tarde desta segunda-feira (1°) na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no Bairro Leblon, paciente com covid-19 diz estar esperando atendimento a mais de 6 horas com falta de ar e muita dor de cabeça.

De acordo com Kethelyn Juliana Fernandes da Silva, 23 anos, ela chegou na unidade de saúde por volta das 10h de hoje e o local já estava lotado. Pelo Direto das Ruas, ela relatou que testou positivo para covid-19 e foi ao posto por estar com falta de ar.

“Peguei o resultado hoje e já vim porque estou com falta de ar e muita dor de cabeça. A única coisa que eles dizem é que não podem fazer nada e que não tem médico”, declarou a paciente.

Escala de atendimento desta segunda-feira nas unidades 24h. (Foto: Divulgação)
Escala de atendimento desta segunda-feira nas unidades 24h. (Foto: Divulgação)

Na parte da manhã, segundo ela, havia um médico atendendo, apesar da escala divulgada pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) mostrar que seriam cinco profissionais para atendimento adulto.

“Quando eu cheguei de manhã disseram que tinha um médico e por isso demoraria o atendimento. Depois outra médica chegou às 14h, atendeu uma ficha e foi embora. Ninguém que chegou às 10h foi atendido.”, afirmou.

Por telefone, o pai de uma outra paciente procurou a reportagem. Segundo ele, que preferiu não se identificar, a filha está com sintomas de covid-19 e chegou na UPA por volta das 11h e até o momento também não havia sido atendida.

"Ela está passando mal aqui. A médica chamou um paciente e foi embora. O lugar tá cheio de gente passando mal.", disse o pai.

Ao Campo Grande News, a Sesau informou que no período da manhã alguns profissionais faltaram para o plantão causando demora no atendimento. No entanto, para amenizar o problema, outros três profissionais da equipe móvel foi acionada para reforçar o atendimento na unidade.

A secretaria ainda reforçou que o tempo protocolar de espera de um paciente com classificação azul ou verde, onde não há riscos ou os riscos a vida são mínimos pode ser de até quatro horas, uma vez que serão priorizados pacientes com as classificações amarelo, laranja e vermelho - sendo este último a situação de maior complexidade, necessitando de atendimento imediato.

Direto das Ruas – A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

* Matéria editada às 13h10 para acréscimo de resposta.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário