ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  03    CAMPO GRANDE 21º

Direto das Ruas

Paciente que até já sarou da covid cobra há 11 dias resultado de teste

Saúde informa que tempo de entrega do resultado aumentou diante do crescimento dos casos

Por Aline dos Santos | 14/07/2020 10:40
Exame é realizado no drive-thru montado no quartel do Corpo de Bombeiros, na Rua 14 de Julho. (Foto: Kisie Ainoã)
Exame é realizado no drive-thru montado no quartel do Corpo de Bombeiros, na Rua 14 de Julho. (Foto: Kisie Ainoã)

Ao fazer exame do novo coronavírus no último dia 3, Simone Sandim aguardava por uma resposta em até 72 horas, mas hoje completa 11 dias à espera do resultado. Ela conta que teve sintomas, como coriza e dor no corpo, e por orientação médica fez isolamento domiciliar por 14 dias.

“Mas até hoje não saiu o resultado. Já fiquei isolada, afastada de todo mundo e não saiu resultado nenhum. Até já sarei. Como que a gente faz? Quem não tem condições de fazer o exame particular morre?, questiona a paciente de 30 anos.

O exame foi o do cotonete (RT-PCR), que colhe secreções no nariz e na garganta. A paciente foi até o drive-thru, localizado no quartel do Corpo de Bombeiros, na Rua 14 de Julho, em Campo Grande.

Procurada pela reportagem, a SES (Secretaria Estadual de Saúde) afirma que o tempo de entrega do resultado aumentou diante do crescimento da demanda, mas cita duas hipóteses para o resultado não ter sido divulgado.

O exame pode estar pronto e aguardando que o município acesse o resultado no sistema GAL (Gerenciador de Ambiente Laboratorial) ou foi enviado para o Instituto Butantan, em São Paulo.

Ao todo, segundo a SES, 3.381 exames prontos estão aguardando as prefeituras inserirem no sistema e encerrarem as notificações.

Ainda conforme a secretaria, desde a semana passada a capacidade de processamento de análises do Lacen (Laboratório Central)  aumentou em 50%, com a utilização de uma nova máquina.

Na segunda-feira, uma remessa de mil amostras foi enviada para a Fiocruz, no Rio de Janeiro. “O Lacen recebe, em média, 700 amostras por dia para análise, entretanto, a alta demanda não é só em Mato Grosso do Sul, mas no país todo”, diz nota da Secretaria Estadual de Saúde.

Direto das Ruas - A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563. Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.