A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Abril de 2019

19/01/2019 16:55

Policial campo-grandense vira “herói” em SC ao salva crianças de incêndio

Sem equipamentos de proteção, ele se arriscou em resgate: "Não conseguiríamos jamais deixar uma criança naquela situação"

Aline dos Santos
Bertholdo (à esquerda), colega e crianças precisaram de atendimento médico. (Foto: Direto das Ruas)Bertholdo (à esquerda), colega e crianças precisaram de atendimento médico. (Foto: Direto das Ruas)

O campo-grandense Bertholdo Figueiró Neto, que é policial militar, virou herói longe de sua terra natal, salvando, sem os equipamentos de segurança, duas crianças em Itapoá, em Santa Catarina, onde é lotado.

“Na hora certa, no lugar certo. Tinha tudo para dá errado e tudo deu certo, graças a Deus. Faz parte do serviço, mas a gente faz porque gosta, faz porque ama e fica feliz quando dá certo”, afirma o policial, que também precisou de atendimento médico após o socorro.

Figueiró Neto conta que na madrugada de quinta para sexta-feira fazia fiscalização na região à beira-mar quando ele e o colega foram informados sobre um incêndio. A fumaça vinha de um restaurante e o fogo tinha tomado conta da cozinha industrial.

Os policiais isolaram a área, confirmaram o acionamento do Corpo de Bombeiros, começaram a retirar objetos inflamáveis e também a procurar se havia pessoas no piso superior do imóvel. Após alguns minutos, uma criança de 13 anos saiu na sacada e disse que estava sozinha.

Mas uma vizinha comentou que ele tem uma irmã de oito anos. Questionado sobre a menina, o irmão disse que achava que ela estava dormindo em casa.

“Foi nesse momento crítico que não pensamos duas vezes e entramos na casa, ainda que sabendo que sem equipamento adequado seria arriscado, mas não conseguiríamos jamais deixar uma criança naquela situação”, conta.

A menina foi encontrada descordada, retirada do local no colo e só recobrou a consciência quando já estava na rua. O Corpo de Bombeiros controlou o incêndio e prestou os primeiros socorros.

As vítimas e os policiais foram para o pronto-atendimento, onde foi constatado intoxicação por gás carbônico. Os pais das crianças estavam em um bar e foram presos por abandono de incapaz. Os policiais voltaram ao local no dia seguinte para visitar as crianças. 

Direto das Ruas – As informações e fotos chegaram ao Campo Grande News por meio do Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions