ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 22º

Direto das Ruas

"Sem satisfação": paciente com sintoma de covid reclama de demora em UPA

Foi informado aos pacientes que a unidade contava com apenas um médico para casos de suspeita de covid

Por Giovana Martini | 15/03/2021 13:20



Desde o meio da manhã desta seguda-feira (15), pacientes aguardam atendimento na UPA Leblon, localizada no Jardim Leblon, em Campo Grande. "Sem atendimento desde as nove da manhã e a cada hora que passa aumenta a quantidade de pessoas", contou uma dessas pessoas, que pediu para não se identificar.

De acordo com a denúncia, que chegou até o Campo Grande News pelo canal Direto das Ruas, um dos médicos chegou a se retirar da unidade de saúde nestas mais de três horas de espera. "Médico se ausentou há mais de uma hora e meia e ninguém nos deu satisfação de nada", conta outra paciente, que foi ao UPA na manhã de hoje buscar medicamentos.

"Estou com todos os sintomas de covid, mas o exame deu negativo. Vim hoje pra tentar descobrir o que era, fui atendida quase meio-dia", finalizou.

Conforme os relatos, as pessoas com suspeita de infecção pelo coronavírus aguardavam atendimento na área externa, que estava lotada. "Eles informaram que só tem 1 médico disponível para atender ala com sintomas de covid e ala sem sintomas de covid. Inúmeras pessoas revoltadas, aguardando a mais de horas pra ter atendimento, tem pessoas aqui que testaram positivo, que estão aguardando passar pelo médico novamente só pra tomar o remédio que já foi receitado a uma semana atrás", conta a paciente com sintomas.

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) foi procurada para falar sobre o caso e em nota respondeu que "nesta manhã a unidade está com 3 médicos fazendo o atendimento. Cabe esclarecer que a UPA é uma de urgência e emergência e o atendimento é feito de acordo com a classificação de risco do paciente e os casos mais graves são priorizados. Pacientes de menor gravidade classificados como azul ou verde podem ser atendidos em até 4 horas. Outro ponto a ser lembrado é que há pacientes em observação no interior da unidade que precisam ser avaliados periodicamente pela equipe médica, o que resulta numa redução no fluxo de atendimento da porta. Neste momento não há nenhum paciente aguardando mais de 4 horas para ser atendido e uma equipe de apoio já foi enviada para a unidade para reforçar o atendimento."

Direto das Ruas – A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário