ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEGUNDA  28    CAMPO GRANDE 28º

Economia

A 14 dias para o fim do prazo, 52 mil fazendeiros não entregaram declarações

A Receita Federal recebeu até esta quarta-feira (16) 25 mil declarações

Por Adriano Fernandes | 16/09/2020 19:20
Prédio da Receita Federal em Campo Grande. (Foto: Arquivo)
Prédio da Receita Federal em Campo Grande. (Foto: Arquivo)

A 14 dias para o fim do prazo, 52,5 mil proprietários rurais, ainda não entregaram as DITR (Declarações do Imposto Territorial Rural) em Mato Grosso do Sul. A Receita Federal recebeu até esta quarta-feira (16) 25 mil declarações, mas a expectativa é que sejam apresentados 77,5 mil documentos até o dia 30 de setembro, quando termina o prazo.

Em todo o país foram recebidas 3,5 milhões declarações das 5,9 milhões previstas em 2020. Deve entregar a declaração a pessoa física ou jurídica, exceto a imune ou isenta, proprietária de imóvel rural. A multa para quem deixar de declarar é de 1% ao mês, ou fração de atraso, calculada sobre o total do imposto devido.

Também está obrigado declarar quem, entre 1º de janeiro de 2020 e a data da efetiva apresentação da declaração, perdeu a posse do imóvel rural ou o direito de propriedade pela transferência ou incorporação do imóvel rural ao patrimônio do expropriante.

O documento deve ser feito por meio do Programa Gerador da Declaração do ITR, disponível na página da Receita Federal. A declaração pode ser transmitida pela Internet ou entregue em uma mídia removível USB nas unidades da Receita.

As informações podem ser corrigidas por meio da entrega de declaração retificadora. A Receita alerta, no entanto, que a correção de eventuais erros ou omissões deve ser feita antes de o contribuinte ser notificado sobre divergências constatadas no documento.


Regras de comentário