A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/10/2013 14:53

André anuncia 3ª fábrica de celulose e investimento será de R$ 8 bilhões

Edivaldo Bitencourt
Governador fez anúncio de nova indústria em São Paulo (Foto: Divulgação)Governador fez anúncio de nova indústria em São Paulo (Foto: Divulgação)

O governador André Puccinelli (PMDB) anunciou, nesta terça-feira (8), a construção da terceira indústria de papel e celulose em Mato Grosso do Sul. O investimento será de R$ 7 bilhões a R$ 8 bilhões e as obras começam em junho de 2014. O anúncio foi feito no 46º Congresso e Exposição Internacional de Celulose e Papel, que acontece em São Paulo.

O nova indústria será construída em Ribas do Rio Pardo, a 103 quilômetros. Atualmente, o Estado conta com duas mega fábricas de celulose, a Fibria e a Eldorado, em Três Lagoas. Além dessa, que não teve o nome divulgado, segundo o governador, a quarta será a Arauco, do Chile, mas a medida depende da mudança na interpretação da Lei para Estrangeiros, que limita a compra de terras.

“E também existe a negociação de uma empresa com o Governo do Estado para implantar uma fábrica de MDF na região de Três Lagoas”, completou. Em palestra para integrantes de toda a cadeia produtiva da indústria de papel e celulose, André Puccinelli confirmou os projetos de duplicação das plantas da Fibria e Eldorado, que atualmente produzem 1,3 milhão e 1,5 milhão de toneladas, respectivamente.

A expansão desse segmento é um dos resultados concretos da política de diversificação da matriz econômica adotada pela administração e Mato Grosso do Sul a partir de 2007. Aproveitando a localização geografia estratégica, o governo fez o Zoneamento Ecológico-Econômico, promoveu a desburocratização do licenciamento para empreendimentos florestais em terras degradadas, e instituiu o Plano Estadual para o Desenvolvimento Sustentável de Florestas Plantadas.

“Devido a essa política ousada, mais agressiva, e ampliando os incentivos fiscais e tributários que existiam, nos tornamos mais competitivos em alguns setores. Além disso, temos parcerias com a Federação das Indústrias, com o Sebrae, com o Senar [Serviço Nacional de Aprendizagem Rural] e os Municípios para formar mão de obra”, destacou o governador.

Conforme o Governo, em seis anos, a área de florestas plantadas no Estado saltou de 160 mil hectares para 597 mil hectares. A meta é chegar a 1 milhão de hectares. Neste ano, o Estado prevê 100 mil hectares e outros 100 mil hectares em 2014.

“Uma empresa não se instalada em um lugar aonde não se chega e de onde não se sai. Por isso, desde janeiro de 2007 começamos um estudo e elencamos programas para implantar a logística necessária para sermos mais competitivos. Fizemos o MS Forte 1 e agora estamos fazendo o MS Forte 2”, contou. Só a segunda fase do programa prevê investimentos de R$ 3,6 bilhões em infraestrutura e nas áreas social, como educação e saúde.



Meus caros conterrâneos vocês estão tendo uma visão só de sua capital se vocês pudessem ver o que é a capital aqui de mt se contar no dedo não da meia dúzia de indústria, toda a renda do estado esta no norte.
Estive ai em campo grande e fui até dourados pelo que eu vi o povo,governo dai esta de parabém se um de vocês vier em MT logo verão do que estou falando
são anos de atraso em infra estrutura, logística tudo pode ser melhorado mas aqui o trem tá feio chomano
 
Anezio xavier da silva em 06/02/2014 23:15:48
Nunca vi tanta bobagem junto. Esses incentivos fiscais são uma sangria de dinheiro público. As grandes empresas só veem para o estado porque as terras são muito mais baratas do que SP e PR e também em virtude dos incentivos. Com esses incentivos o estado deixa de arrecadar bilhões enquanto a população em geral paga um dos maiores ICMS do combustível e da energia elétrica, é só verificar na sua conta de luz.
 
calixto giraldeli em 04/12/2013 06:13:40
o Governador Tem que Trazer Fabrica Para a Região de Inocência e Cassilândia aqui tem muito eucalipto plantado
 
Luiz Paulo em 09/10/2013 15:18:19
Vem cá, essa instalação não está condicionado a compra de áreas por capital estrangeiro! Lembra da Portucel que "largou mão" daqui?!
 
josé airton recalde em 09/10/2013 10:19:20
E o sul do estado, também faz parte dos investimentos estratégicos do governo do estado?
 
Marcos Tomazelli em 09/10/2013 08:58:44
Parabéns pelos investimentos aplicados nesta área, há 2 anos faço parte da região de Três Lagoas e o crescimento é forte e sustentável, as grandes indústrias (Eldorado e Fibria) fazem investimentos sólidos e respeitam a população com atitudes inovadoras.
 
Edgar Lodi em 09/10/2013 06:47:05
Cara, eu nunca vi um Estado igual a esse. Onde já se viu uma Capital perder tantas Industrias para cidade do interior? É um absurdo isso, pois o que me parece é que daqui a alguns dias a Capital de MS será Três Lagoas, só pode... Está tudo errado, pois as melhores empresas se instalam nessa cidade e, a Capital somente "inaugura" fabrica de roupas,calçados..Aff...é o fim do mundo mesmo..O que mais temos em nossa capital é farmácia, fabrica de roupa,calçados..NÃO TEM NENHUMA INDUSTRIA QUE PRESTA, ou seja, aquela que possa dar um boomm no salario do povo, muito pelo contrario, inauguram essas "megas fabricas" para pagarem míseros 1 salário mínimo. E outra, não me venham aqui criticar que é o BERNAL o culpado, pois isso faz a muitos anos atrás, inclusive com seu André e Nersinho...Lembram????
 
Marcos Paulo em 09/10/2013 01:11:42
Parabéns ao grande e audacioso empresário por mais esta indústria, que trará imensurável divisa para o nosso Estado.
 
adão collante em 08/10/2013 23:02:46
Esse governador trabalha e não fica brigando como o nosso prefeito.
 
Gilberto Ozuna em 08/10/2013 21:15:33
parabéns senhor governador, para complementar a matéria, a primeira indústria de papel e celulose quem trouxe foi o zeca, porém desde os anos de 1960 existem histórias de implantação de indústrias desse segmento na região, mesmo assim parabéns.
 
marcos barbosa em 08/10/2013 20:57:16
Sucesso ao grande e audacioso empresário que está investindo pesado no nosso Estado. Com certeza além da divisa que trará para o nosso. Estado teremos muitas oportunidade para quem quer trabalhar. Parabéns.
 
adão collante em 08/10/2013 20:54:40
Legal, mais uma fábrica para alavancar o progresso de nosso Estado! E a tão falada fábrica de helicópteros, que seria instalada na Capital, decola ou entrou em pane? Acho que era munição eleitoral.
 
Valter Oliveira em 08/10/2013 17:04:04
Esse SABE TRABALHAR!!! PARABÉNS GOVERNADOR!!!
 
Anderson Fernandes em 08/10/2013 16:11:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions