A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

22/09/2014 15:57

Calor de 40º C lota sorveterias e eleva produção em até 97% na Capital

Luciana Brazil
Na sorveteria Dio Madona, estoque foi reforçado. (Foto: Marcelo Victor)Na sorveteria Dio Madona, estoque foi reforçado. (Foto: Marcelo Victor)

Para aliviar o calor de quase 40°C e o tempo seco registrados nos primeiros dias de setembro em Campo Grande, o jeito foi apelar para o sorvete. Lotadas, as sorveterias precisaram aumentar a produção para atender os clientes. Uma das principais empresas da Capital, a Jeito Frio, teve que acelerar a produção e registrou um aumento vertiginoso, subindo de 96 mil litros em agosto para 190 mil litros de sorvete em setembro, um salto de 97%.

A expansão nessas proporções só acontecem em outubro, quando a primavera já começou, explica a nutricionista da Jeito Frio, Fernanda Maciel Mendes da Costa, 31.

“Esse aumento acontece sempre em outubro, mas a empresa já está preparada para isso. No começo de setembro a produção aumentou muito”, disse Fernanda.

Lição - Em 2012, também na mesma época do ano, a sorveteria precisou correr com a produção, relembra a nutricionista. “Naquele ano não estávamos tão preparados para um aumento repentino, mas desta vez foi mais tranquilo, já que estávamos prevenidos”.

Em muitos estabelecimentos os estoques acabaram em um único fim de semana por causa do movimento. O fluxo de clientes foi 50% maior em comparação com os meses anteriores, como avaliou a funcionária da sorveteria Dio Madona, Fancislaine Costa, 24 anos. “Na sexta-feira, foram comprados 5 potes, entre 2 e 3 litros cada um. No domingo, todos já tinham acabado”, disse.

Segundo ela, nos dias em que o calor vem atrelado a baixa umidade relativa do ar, os clientes lotam a loja. “O número de consumidores chega a ser 50% maior”, afirmou.

Na fábrica de picolé da sorveteria Jeito Frio, o trabalho começou a ser grande também. A gerente responsável pelas vendas, Alana Muniz Bay, 26, explica que o consumo do produto disparou. “Antes estávamos com uma produção apenas para manter a venda”, analisou.

Na franquia Chiquinho Sorvetes, a fabricação de sorvete também subiu, registrando aumento de 25%. “O calor forte atrai os clientes e a produção aumenta”, disse o gerente Diego Faria da Cunha, 26.

Conforme a previsão do tempo, nos últimos dias de setembro e nos primeiros dias de outubro o calor será intenso e acima da média para o período. Sorveterias, preprarem-se!

Procura por sorvete nesta época chega a triplicar. (Foto: Marcelo Victor)Procura por sorvete nesta época chega a triplicar. (Foto: Marcelo Victor)
Governo suspende benefícios fiscais de quatro empresas em MS
O Governo de Mato Grosso do Sul suspendeu incentivos fiscais de quatro empresas, conforme divulgado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, d...
Estado concede e prorroga benefícios fiscais a 12 empresas em MS
O Governo de Mato Grosso do Sul relacionou 12 empresas que vão receber e as que terão a continuidade de benefícios fiscais do Estado. A decisão está ...
Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios
O Ministério da Fazenda autorizou, pela segunda vez este ano, o aumento das tarifas cobradas pelos Correios. Na edição de hoje (18) do Diário Oficial...



essa sorveteria os sorvetessssssss saooooooooooooo muitoooooooooooo bom e baratos o nome da sorveteria é uma mistura da presidente da republica com a madona kkkk quem mata a charada
 
fabio jr em 22/09/2014 16:46:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions