A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

18/07/2011 11:53

CNI acredita em redução de IR para incentivar indústrias no Centro-Oeste

Ítalo Milhomem

A FIEMS (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) iniciou nesta segunda-feira (18), o projeto “Encontros Empresariais” 2011, que irá reunir bimestralmente representantes dos setores produtivos dos três Estados da região Centro Oeste e do Distrito Federal para definir os rumos do desenvolvimento da região.

O encontro começou com uma palestra do economista da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Mário Sérgio Carraro Teles sobre “A Indústria e o Brasil: uma proposta de agenda para o desenvolvimento regional.

Ele explicou os índices de desenvolvimento regional no país, e comentou sobre a necessidade do surgimento de novas cidades pólos de desenvolvimento. Um dos exemplos dados foi a região do interior do Estado de Pernambuco, que tem alcançado altos índices de crescimento com investimentos públicos em portos, rodovias que tem atraído várias indústrias.

Como provocação ele apresentou um slide, onde um portal de um governo convida indústrias para seu Estado por meio de atrativos fiscais. No final ele revelou que se tratava do Estado de São Paulo, que hoje representa 45% do PIB (Produto Interno Bruto) Industrial e 35% do PIB geral do País. Desta forma ele mostrou mesmo com os incentivos fiscais dados hoje, o país ainda concentra investimentos na região Sudeste porque eles também têm incentivos fiscais.

Como proposta da CNI, o economista sugeriu mudanças nesses fiscais e tributários. Ele acredita que a forma mais viável de criar estes novos pólos indústrias pelo interior do Brasil seria por meio da intervenção do governo federal. Segundo Teles, o governo federal poderia diminuir os índices no imposto de renda das empresas.

“Se você for investir em São Paulo você vai pagar o imposto de renda cheio, se sua empresa for investir no Centro Oeste, Norte ou Nordeste vai ter desconto. Isso seria uma maneira de levar indústrias para o interior, de modo que compense o investimento”

Encontros Empresariais 2011- Na primeira edição do encontro, que está sendo realizado em Campo Grande, três pautas foram abordadas: Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste), BDCO (Banco do Desenvolvimento do Centro Oeste), Reforma Tributária e Incentivos Fiscais e a Logística do Centro-Oeste.

Após o almoço os representantes das federações da indústria, comércio, da agricultura e pecuária se reunirão novamente para formatar um manifesto sobre a produção do Centro Oeste e a definição do próximo encontro do grupo de deverá ser realizado em Goiânia (GO), depois em Cuiabá (MT) e por último em Brasília (DF).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions