ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 25º

Economia

Com investimento de R$ 500 mil, Senai de Ivinhema abre no 2º semestre

Por Nadyenka Castro e Aline dos Santos | 14/02/2012 14:30

Unidade vai oferecer cursos técnicos de nível médio e de qualificação profissional

Segundo Jesner, unidade do Senai de Ivinhema abre as portas com 150 vagas de cursos técnicos. (Foto: Marlon Ganassin)
Segundo Jesner, unidade do Senai de Ivinhema abre as portas com 150 vagas de cursos técnicos. (Foto: Marlon Ganassin)

Para atender a demanda de empresas instaladas na região de Ivinhema, começa a operar no segundo semestre deste ano a unidade do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) no município, que fica a 282 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, o investimento da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) na unidade é de R$ 500 mil. No local, serão oferecidos cursos técnicos de nível médio e de qualificação profissional.

O diretor explica que o Senai de Ivinhema irá funcionar por sete anos em espaço cedido pela administração municipal. “A cedência do imóvel é parte da responsabilidade da prefeitura”, afirma.

No imóvel onde será implantada a unidade, funcionava a sede da Someco (Sociedade de Melhoramentos e Colonização). O espaço será adaptado para atendimento de capacitação profissional.

Após a reforma, o imóvel, que tem área de 745 metros quadrados de área coberta, terá cinco salas de aula, sala de informática com 30 computadores, biblioteca com livros específicos dos cursos oferecidos, ambiente administrativo com recepção, laboratório de química para 30 alunos, e oficina didática de mecânica. Além de banheiros adaptados e pátio com estacionamento para unidades móveis do Senai.

Inicialmente, a unidade irá oferecer 150 vagas de cursos técnicos distribuídas nos três turnos (manhã, tarde, noite). “Ainda estamos em negociação, mas já está certo cursos de mecânica industrial, açúcar e álcool e química”, salienta Jesner.

O local também será ponto de aulas para aprendizagem industrial e base para educação profissional à distância. “Vai levar desenvolvimento à região”, afirma o diretor do Senai. O processo de seleção para os cursos está prevista para começar neste primeiro semestre.

Trabalhadores na AdecoAgro. Senai de Ivinhema irá qualificar pessoal.(Foto: João Garrigó)
Trabalhadores na AdecoAgro. Senai de Ivinhema irá qualificar pessoal.(Foto: João Garrigó)

Usina - A unidade do Senai em Ivinhema vai atender a demanda por profissionais qualificados na região, cujo perfil econômico vem mudando da agropecuária para a indústria.

Um dos exemplos é a Usina Adecoagro, que está instalada em Angélica e planeja abriu outra unidade em Ivinhema. Devido à falta de mão-de-obra qualificada, muitos trabalhadores foram “importados” de outras cidades e aqueles não capacitados recebem treinamento da empresa.

A instalação da usina em Angélica reverteu o quadro de êxodo populacional. Muitos que deixaram a cidade em busca de oportunidades voltaram para a casa, onde encontraram empregos e esperança de dias melhores.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário