A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Fevereiro de 2019

16/01/2019 11:11

Com pesquisa, Brasil vai ocupar espaço na produção mundial, diz Reinaldo

Segundo governador, "da porteira para dentro", o setor é competente e, agora, precisa mostrar potencial para fora do País

Mayara Bueno e Helio de Freitas, enviado especial a Maracaju
Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) ao chegar na abertura da Showtec, em Maracaju. (Foto: Helio de Freitas).Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) ao chegar na abertura da Showtec, em Maracaju. (Foto: Helio de Freitas).

“O Brasil tem condições, com pesquisa e segurança jurídica, de ocupar o espaço que existe na produção mundial de alimentos”, afirmou o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), durante a abertura da Showtec, em Maracaju, 160 km de Campo Grande, nesta quarta-feira (dia 16).

Para que o Estado seja um dos protagonistas em tal projeção, o governador afirmou que o “grande desafio” é a “simplificação tributária e de normas”. “Da porteira para dentro, somos muito competentes. Agora temos de mostrar que também podemos ser muito mais competitivos da porteira para fora sem a ideologia que tanto travou o setor produtivo”.

Segundo o governador, tanto no setor agropecuário quanto no industrial, a “logística é fundamental”, por isso a necessidade de investimento nos portos e ferrovias para melhorar a competitividade.

Representando a ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM-MS), o secretário do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Fernando Camargo, o mundo terá, nos próximos 10 anos, aumentar a produção de alimentos em 20%. Só o Brasil, terá de elevar em 40% para atender sua demanda e “isso vai ser alcançado com investimento em tecnologia”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions