ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 28º

Economia

Conselho aprova projetos de empresas com investimento de R$ 2,6 milhões

Projetos foram apresentados por meio da Lei do Prodes e empresas vão gerar 20 novas vagas de empregos diretos

Por Ana Paula Chuva | 25/10/2021 14:55
Conselheiros reunidos nesta segunda-feira (25). (Foto: Prefeitura de Campo Grande)
Conselheiros reunidos nesta segunda-feira (25). (Foto: Prefeitura de Campo Grande)

Durante a reunião do Codecon (Conselho de Desenvolvimento Econômico), de Campo Grande, na manhã desta segunda-feira (25), foram aprovados os pedidos de incentivos apresentados por três empresas por meio da Lei do Prodes. Os investimentos são de R$ 2,6 milhões com a promessa da geração de 20 novos empregos diretos.

Os 3 novos projetos empresariais são voltados para os setores de reciclagem da construção civil, reformas de tanques de combustível e comércio atacadista de óleos e gorduras.

Segundo o titular da Sidagro (Secretaria Municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio), Rodrigo Terra, quem participa do conselho está compromissado com o fortalecimento do setor produtivo, buscando soluções para fazer com que a Capital seja mais desenvolvida, mais pujante e sustentável.

Atualmente, o Codecon é órgão colegiado composto por 14 integrantes, sendo sete órgãos governamentais e sete entidades não governamentais. No entanto, com a alteração da lei, no ano que vem, o Conselho passará a contar com 18 membros, além dos suplentes, para uma maior participação da sociedade nas decisões relativas ao desenvolvimento da cidade.

As empresas que tiveram os projetos aprovados foram:

  • VITOR GONÇALVES FARIA – Usina de reciclagem de resíduos da construção civil, fabricação de artefatos de concreto, entre outros. O investimento previsto é de R$ 960 mil para criar 8 novos empregos diretos;
  • REFORMA DE TANQUES CASCAVEL LTDA – Prestação de serviços em reformas de tanques de combustível, descontaminação de equipamentos para transportes de produtos perigosos. O investimento fixo aqui será de R$ 1 milhão, com compromisso de criar 8 novos empregos diretos;
  • TRANS OIL AMBIENTAL – EIRELI – Comércio atacadista de óleos e gorduras, coleta de resíduos, transporte rodoviário de carga de produtos perigosos e não perigosos. Essa empresa pretende investir R$ 650 mil para criar 4 novos empregos diretos.
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário