A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

07/12/2010 11:32

Marcos Trad pede explicação sobre reajuste da água

Marta Ferreira e Aline dos Santos

Requerimento dá prazo de 30 dias para agência explicar aumento

O deputado estadual Marcos Trad (PMDB), presidente da Comissão dos Direitos dos Consumidor da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, apresentou hoje requerimento pedindo explicação à Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados sobre o reajuste dos serviços de água e esgoto autorizado na semana passada à concessionária Águas Guariroba. A alta, de 8,91%, entrará em vigor a parte de 3 de janeiro.

O aumento foi questionado pelo deputado na tribuna do plenário. Ele leu reportagem do Campo Grande News sobre o reajuste, autorizado no dia 3 de dezembro. Marcos Trad deu ênfase ao trecho da matéria lembrando que, quando foi concedido o último aumento, de 15,73%, em agosto de 2009, foi dada a garantia de que as tarifas ficariam congeladas até 2011.

”Até quando de 2011?, indagou.

No requerimento feito ao presidente da Agência de Regulação, Marcelo Amaral, o deputado solicita as planilhas que foram usadas para o cálculo do reajuste e também pede explicações sobre os índices utilizados. O prazo para a resposta é de 30 dias.

Trad comentou que, em Campo Grande, o serviço de água e esgoto já está mais caro do que o de energia. Ele relembrou a atuação da CPI sobre as tarifas da Enersul, que teve de devolver dinheiro ao consumidor após a constatação de erros na formação dos preços.

Embora a regulação do serviço de saneamento seja do Município, o deputado disse que é cabível a abertura de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), caso sejam constatadas irregularidades em relação às tarifas da Águas Guariroba.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions