A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

19/02/2013 10:40

Em 2012, MS foi o terceiro com maior aumento nas vendas do comércio

Francisco Júnior
Movimento de compras em MS teve um dos maiores crescimentos no País no ano passado. (Foto: Rodrigo Pazinato)Movimento de compras em MS teve um dos maiores crescimentos no País no ano passado. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Mato Grosso do Sul é terceiro Estado do País que em 2012 teve um dos maiores acréscimos no volume de venda do varejo. De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), com aumento de 16,9%, o comércio do Estado ficou atrás apenas de Roraima (26,7%) e Amapá (17,7%). A Pesquisa Mensal de Comércio foi divulgada hoje (19).

Porém, conforme o levantamento, o Estado está entre os que registraram maior queda de vendas em comparação dos meses de dezembro e novembro do ano passado. O saldo negativo chegou a -5,2%.

Na comparação com dezembro de 2011, as vendas em Mato Grosso do Sul aumentaram 10,5%. As maiores altas foram registradas em Roraima (14,8%); Espírito Santo (12,2%); Pernambuco (10,6%).

No geral, segundo o IBGE, o comércio varejista brasileiro fechou o ano de 2012 com expansão de 8,4% no volume de vendas. O segmento hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo respondeu por 44,6% dessa taxa e foi o principal responsável pelo impacto no resultado anual.

Com aumento de 12,3% em relação ao ano anterior, a atividade de móveis e eletrodomésticos exerceu o segundo maior impacto (26,6%) na taxa anual do varejo.

O terceiro maior impacto no resultado da pesquisa veio da atividade de outros artigos de uso pessoal e doméstico, ao registrar variação no volume de vendas de 9,4% em 2012, comparado com o ano de 2011.

Em dezembro, o volume de vendas do comércio varejista registrou queda de 0,5% na comparação com novembro, o primeiro resultado negativo após seis meses consecutivos de crescimento. A receita nominal cresceu 0,2% em dezembro.

Para o comércio varejista ampliado, composto do varejo mais as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção, foi registrada alta de 1,3% para o volume de vendas e de 1,1% na receita nominal de vendas em dezembro passado na comparação com novembro passado. Na comparação com dezembro de 2011, os aumentos foram de 5% e de 7,7%, respectivamente. No acumulado do ano, os aumentos foram de 8% para o volume de vendas e de 9,5% para a receita nominal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions