ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  19    CAMPO GRANDE 23º

Economia

Em expansão, débito do auxílio na maquininha promete acabar com filas no País

Serviço evita saques e estará disponível em pelo menos 200 mil lojas espalhadas pelo Brasil

Por Jones Mário | 22/05/2020 13:27
Maquininha usada para débito do benefício é a mesma que faz recargas para celular (Foto: Marcos Maluf)
Maquininha usada para débito do benefício é a mesma que faz recargas para celular (Foto: Marcos Maluf)

Disponível há duas semanas em 6 mil pontos de venda em Mato Grosso do Sul, a possibilidade de usar o auxílio emergencial para compras direto na maquininha de cartão, como débito, promete acabar com as filas para saque nas agências bancárias e casas lotéricas de todo o País. Em expansão, a ferramenta vai chegar a 200 mil estabelecimentos de todas as regiões brasileiras.

A alternativa evita as filas que podem se formar a partir do próximo dia 30, quando a Caixa libera para saque em espécie a segunda parcela do auxílio emergencial, para 31 milhões de beneficiários.

Porém, quem já teve o auxílio antecipado na poupança social digital não precisa esperar a liberação do saque e pode usar o benefício com compras no débito.

Mercearias, conveniências, farmácias e grandes supermercados já fazem a transação (Foto: Marcos Maluf)
Mercearias, conveniências, farmácias e grandes supermercados já fazem a transação (Foto: Marcos Maluf)

Hoje, aproximadamente 100 mil estabelecimentos, das pequenas conveniências, farmácias e mercearias até grandes redes de supermercados e atacadistas, estão habilitados a fazer a transação no País. Só no estado de São Paulo são 27,9 mil lojas aptas.

Até a primeira semana de junho, mais 102,5 mil novos estabelecimentos serão ativados para aceitar compras no débito com o auxílio emergencial.

A maquininha usada para a transação é a mesma em que são feitas recargas para celular e para cartão do transporte coletivo.

A Caixa reforça que o aplicativo Caixa Tem permite a realização de pagamentos eletrônicos de contas, bem como compras online ou em maquininhas autorizadas com a funcionalidade do cartão virtual de débito.

Como usar - A compra via débito do auxílio emergencial é simples. Ao invés de sacar o dinheiro na agência, o contemplado baixa o aplicativo Caixa Tem e, por ele, gera um cartão virtual, com número, data de validade e código de verificação. Na ferramenta, é possível verificar o saldo, para saber se o benefício já foi disponibilizado.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Nos locais habilitados, o beneficiário informa que vai pagar com o auxílio emergencial. O lojista seleciona a opção direto na maquininha, onde também informa valor da compra, CPF do cliente e código de verificação dinâmico, gerado na hora pelo aplicativo Caixa Tem.

No primeiro uso, é necessário digitar também número do cartão virtual e data de validade. Aprovada a transação, o valor é debitado diretamente do saldo disponível.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul, além de 29 distritos, contam com as maquininhas. O Estado foi pioneiro no serviço.

É possível acessar a localização dos estabelecimentos que já fazem a transação com o auxílio emergencial pelo site www.incontre.com.br.

Sistema pioneiro em Mato Grosso do Sul está em expansão para todos os estados brasileiros (Foto: Marcos Maluf)
Sistema pioneiro em Mato Grosso do Sul está em expansão para todos os estados brasileiros (Foto: Marcos Maluf)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário