A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Agosto de 2018

01/03/2018 09:45

Energisa reforça cadastro na tarifa social em MS; descontos na luz chegam a 65%

Concessionária tem mais de 112 mil clientes que já recebem o benefício em suas contas de energia elétrica

Danielle Valentim
Projeto Nossa Energia utiliza como suporte um veículo totalmente equipado e adaptado para ações. (Foto: Divulgação)Projeto Nossa Energia utiliza como suporte um veículo totalmente equipado e adaptado para ações. (Foto: Divulgação)

Entre os dias 28 de fevereiro e 02 de março, o 'Projeto Nossa Energia' estará em Bela Vista, a 324 km de Campo Grande, para realizar cadastros de famílias baixa renda na tarifa social de energia elétrica. Os descontos podem chegar a 65% na conta de luz e a visita ocorre em outras cidades de Mato Grosso do Sul.

Além dos cadastros, a chegada do projeto dissemina o uso racional e seguro de energia elétrica em comunidades de baixa renda. O valor da tarifa de energia elétrica para as famílias pertencentes ao Cadastro Único é mais baixo que o praticado para os consumidores residenciais, podendo chegar até a 65% de desconto.

O Projeto Nossa Energia utiliza como suporte um veículo totalmente equipado e adaptado para ações de Eficiência Energética e oferece diversas atividades à população, como: atividades educativas em escolas; palestras e apresentações de experimentos físicos no interior do veículo; evento em praça pública; apresentações teatrais e substituição de lâmpadas incandescentes e fluorescentes compactas por lâmpadas LED.

Tarifa Social - Atualmente, em Mato Grosso do Sul, a Energisa tem mais de 112 mil clientes que já recebem o benefício em suas contas de energia elétrica, mas 65 mil famílias têm direito aos descontos e ainda não se beneficiam do programa.

O Projeto Nossa Energia incentiva o cadastro na Tarifa Social no sentido de minimizar o impacto das faturas no orçamento das famílias de baixa renda. A Tarifa Social dá descontos entre 10% e 65% na conta de luz, dependendo da faixa de consumo, e para indígenas e quilombolas até 100%,do valor cobrado com a aplicação da tarifa residencial sem o benefício.

Para a faixa de consumo até 30 kWh/mês, o desconto é de 65%. Já para a faixa de consumo de 31 a 100 kWh/mês, este desconto será de 40%. A faixa de consumo de 101 a 220 kWh/mês terá o desconto de 10%. O consumo, superior a 220 kWh não incidirá desconto.

Como realizar o cadastro - As famílias inscritas no Cadastro Único e que ainda não recebem o benefício da tarifa social, devem procurar uma de nossas agências e apresentar os documentos pessoais, NIS (Número de Inscrição Social) e a conta de energia para atualização do cadastro. A partir daí, o cliente fica apto a receber o desconto.

Outra forma, é utilizar uma ferramenta online de pré-cadastro, desenvolvida pela Energisa MS, que pode ser acessada por meio do endereçohttp://tarifasocial.energisa.com.br. A página do site pode ser acessada por computadores, tablets e smartphones.

Aqueles clientes que não atualizaram o cadastro junto ao Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) e perderam o subsídio, deverão atualizar primeiramente o cadastro junto ao CRAS de cada município e, posteriormente, procurar a concessionária de energia elétrica.

Energisa diz que não houve queda do fornecimento em Carnaval de Rua
Em retorno à matéria em que a organização do Carnaval de rua da Esplanada Ferroviária diz que houve queda de energia durante o temporal que causou o ...
Energisa terá que recuperar área de proteção degradada durante obras
Decisão proferida pelo juiz da 2ª Vara de Direitos Difusos, David de Oliveira Gomes Filho, acatou a liminar pedida pelo MPE (Ministério Público Estad...
Receita diz que um milhão de empresas já aderiram ao eSocial
Em processo de implantação desde o início do ano, a adesão ao eSocial já conta com o registro de um milhão de empregadores do país. Esse número foi a...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions