A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018

05/12/2013 12:00

Enersul ganha prêmio de satisfação do consumidor no Centro-Oeste

Aline dos Santos
Empresa está sob intervenção desde 2012. (Foto: Arquivo)Empresa está sob intervenção desde 2012. (Foto: Arquivo)

A Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul) foi a vencedora do prêmio Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) IASC ( Índice de Satisfação do Consumidor) na região Centro-Oeste, categoria acima de 30 mil unidades consumidoras. O índice obtido pela Enersul - que atende a 94,4% da população de Mato Grosso do Sul, num total de 2,4 milhões de habitante - foi de 65,30.

A grande vencedora foi a Sulgipe (Companhia Sul Sergipana de Eletricidade), com índice de 74,37. O segundo lugar ficou com a Empresa Força e Luz Urussanga Ltda (Santa Catarina), com o índice de 69,65. A terceira colocação ficou com a Energisa Sergipe Distribuidora de Energia, com 69,56.

Apesar da vitória regional, a Enersul está fora do ranking das dez melhores empresas, cuja nota mínima foi de 68. A pesquisa foi realizada pela empresa Praxian Business & Marketing Specialists, no período de 13 de julho a 27 de setembro de 2013, quando foram entrevistados 19.470 consumidores residenciais em 475 municípios brasileiros.

Em Mato Grosso do Sul, foram aplicados 320 questionários em dez municípios: Campo Grande, Amambai, Dourados, Costa Rica, Caarapó, Mundo Novo, Corumbá, Guia Lopes da Laguna, Bodoquena e Figueirão. Dos entrevistados, 46,25% têm renda de R$ 1.357 a R$ 3.390.

A pesquisa pontuou 63 concessionárias. A Enersul está em processo de venda para a Energisa. Junto com outras sete empresas do Grupo Rede, a distribuidora está sob intervenção da Aneel desde 2012. As vencedoras poderão aplicar o Selo IASC nas contas de luz, no material institucional e nas demais peças de comunicação.

Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...
Justiça condena empresa telefônica por bloquear linha de cliente
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível negaram recurso da companhia telefônica Tim, condenada em primeiro grau a pagar R$ 8 mil a um morador de Três L...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions