A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

22/04/2013 14:37

Governo negocia instalação de outra fábrica de helicóptero na Capital

Luciana Brazil
Governador diz que fábrica poderá ficar para o próximo gestor. (Foto:Vanderlei Aparecido)Governador diz que fábrica poderá ficar para o próximo gestor. (Foto:Vanderlei Aparecido)

O governador André Pucinelli (PMDB) garantiu, na manhã de hoje, que só há uma pendência impedindo a instalação de uma fábrica de helicópteros, em Campo Grande. O crédito antecipado, que segundo ele, não está previsto na legislação, e é requerido pela empresa, tem atrapalhado o andamento das negociações. A afirmação foi feita na manhã de hoje, durante entrevista na rádio FM 104.

Até 90% de isenção do ICMS foi preceituado para a implantação da empresa, conforme afirmou o governador, além do terreno para a área da fábrica, que já foi previamente definido. “Agora, não podemos dar crédito antecipado”.

André afirmou que, se não for possível a instalação da fábrica neste mandato, que vai até o dia 31 de dezembro de 2014, o próximo administrador pegará o encaminhamento das negociações. “O novo governador ou governadora, pegará o projeto de mão beijada”.

O governador não deu detalhes sobre a fábrica e nem como funciona o crédito antecipado.

Ele explicou que a fábrica será de helicópteros pequenos e operacionais, de apenas dois lugares. “São helicópteros parecidos com o Jet Ranger, são operacionais e baratos”, garantiu o governador.

As negociações com a fábrica, segundo Pucinelli, estão à cargo da Seprotur (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Industria, do Comércio e Turismo).

Segundo a assessoria de comunicação do governo, a fábrica em questão, não é a Defense Participações, com a qual o governador chegou a assinar, em junho do ano passado, um convênio para implantação. A assessoria não soube informar quais foram os rumos deste convênio assinado pelo governador.



É tudo conturbado, o assunto não é compra de equipamento e nem Projeto e sim de instalação de uma no Município. Que Deus encaminhe se for para o bem da população.
 
luiz alves em 23/04/2013 07:33:52
"Outra fábrica"... nem sabia que já tinha vindo uma.
 
Cassio Rodrigues em 22/04/2013 19:23:46
Jet Ranger tem capacidade para 5 lugares!
Mato Grosso do Sul já deveria ter uma Brigada dos Bombeiros especializadas em Salvamentos de Emergência Aéreo para atuar em todo o Estado e principalmente no Pantanal 24h.
 
Paulenir de Barros em 22/04/2013 18:57:49
Por falar em helicóptero, o que aconteceu com o helicóptero do Abadia, que foi doado a polícia e nunca mais foi visto? Ah e o tal helicóptero que foi comprado para se somar ao primeiro, qdo vamos ver fazendo o patrulhamento aéreo? Qto as referidas fábricas a se instalarem em MS, tá parecendo mais com viajem à marte.
 
Valter Oliveira em 22/04/2013 18:00:27
Um estado cujo único helicóptero de sua propriedade era de um ex-traficante e foi doado pelo Ministério da Justiça, terá duas fábricas de helicópteros?
E mão de obra especializada, virá de São José dos Campos (SP)?
 
José Vieira em 22/04/2013 16:48:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions