A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 25 de Maio de 2018

21/11/2012 11:45

Investimentos da Sanesul devem atingir R$ 1 bilhão até 2014

Carlos Martins
Presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa (D) é apontado pelo governador André Puccinelli como o grande responsável pela reestruturação da empresa (Foto: Rodrigo Pazinato)Presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa (D) é apontado pelo governador André Puccinelli como o grande responsável pela reestruturação da empresa (Foto: Rodrigo Pazinato)

Até 2014 a Sanesul (Empresa de Saneamento do Estado de Mato Grosso do Sul) deverá completar investimentos na ordem de R$ 1 bilhão. A informação é do presidente da empresa, José Carlos Barbosa, que, ao lado do governador André Puccinelli, fez nesta quarta-feira uma visita à nova sede da Sanesul que será inaugurada no dia 10 de dezembro.

“Estamos promovendo nos municípios uma verdadeira revolução no saneamento. Até agora, em seis anos, na administração André Puccinelli e na gestão da Sanesul, já foram investidos R$ 840 milhões. Metade são recursos da Sanesul e metade do governo Federal”, disse o presidente, que assumiu a Sanesul em janeiro de 2007 e é apontado pelo governador como o grande responsável pela reestruturação da empresa, que estava sucateada.

Pelo cronograma das obras e investimentos, as quatro maiores cidades do Estado – Dourados, Corumbá, Três Lagoas e Ponta Porã – chegarão em 2014 com índice de coleta e tratamento de esgoto superior a 85%. As duas últimas, devem chegar a quase 100% segundo as projeções do presidente da Sanesul. “Lembrando que Corumbá tinha zero por cento de esgoto, Dourados pouco mais de dez por cento, Três Lagoas tinha 19 por cento e Ponta Porã tinha praticamente zero”, recordou, ressaltando que todas estas cidades contam com estações de tratamento de esgoto.

Zé Carlos, como é chamado o presidente, destaca um ponto extremamente importante em sua avaliação. “Todo o esgoto coletado é tratado. Não fazemos como se faz em muitos Estados, o chamado afastamento. Pega o esgoto, afasta e joga na natureza sem nenhum tratamento. Na Sanesul, o esgoto é coletado e tratado”.

Investimentos - Conforme o presidente, os R$ 840 milhões investidos nestes últimos seis anos – em obras concluídas e em andamento - representam dez vezes mais o que se investiu em oito anos da antiga administração, período em que foram aplicados em esgotamento sanitário e redes de água R$ 86 milhões, incluído aí dinheiro estadual e federal. “É por essa razão que o saneamento em Mato Grosso do Sul caminha a passos largos. Em 2014, ao findar o governo André Puccinelli e a gestão da Sanesul, que possamos celebrar R$ 1 bilhão em investimentos. É nosso objetivo e estamos trabalhando para isso por meio de recursos da Sanesul e do Governo Federal”, afirmou.

Zé Carlos também reconhece que a integração entre Estado, Governo Federal e a bancada federal (deputados federais e senadores), tem ajudado Mato Grosso do Sul na obtenção de recursos. “O grande mérito do governador - afora as diferenças partidárias que se discutem em época eleitoral -, é unir toda a bancada federal trabalhando pelo interesse de Mato Grosso do Sul”.

Para uma empresa que estava sucateada, a mudança para uma nova sede também simboliza a recuperação. “Este prédio vazio, é apenas um prédio. Ocupado, pulsa o coração do saneamento aqui dentro da Sanesul. São funcionários apaixonados pela causa do saneamento, que sabe da responsabilidade daquilo que faz, que é cuidar da saúde, do meio ambiente. Investir em saneamento é investir em qualidade de vida, saúde e no meio ambiente”, concluiu Zé Carlos.



Realmente, esse Zé Carlos é um ótimo Administrador.
Parabens a toda sua equipe!
 
gabriel lescano em 22/11/2012 08:59:24
Parabéns, José Carlos!!! competência o que dá é isso sucesso!!
 
luiz carlos borba da silva em 22/11/2012 08:31:45
Uma verdade a ser dita, a Sanesul é um Baita orgulho para quem nela trabalha !!
 
Renato Dutra em 21/11/2012 19:34:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions