A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/02/2014 17:20

IPTU de casa alagada e sem melhoria tem reajuste de até 52% na Capital

Graziela Rezende
Aposentado mostra até onde água chega quando chove e paga IPTU com tristeza. Foto: Graziela RezendeAposentado mostra até onde água chega quando chove e paga IPTU com tristeza. Foto: Graziela Rezende

Sem asfalto e com a casa alagada “até o joelho” toda vez que chove, o aposentado José Serafim da Silva, 61 anos, saiu de casa com uma missão nada agradável nesta quarta-feira (5): pagar o IPTU (Imposto Territorial e Predial Urbano), que teve aumento de 52%. O valor saltou de R$ 400 em 2013 para R$ 608 este ano.

Acompanhado da esposa Hilda Maria Conceição da Silva, 61 anos, ele diz que “dá até tristeza” pagar por algo que ele não vê melhorias em sua região. “Moro no Jardim Marajoara e nem sequer tem programação para ter asfalto lá. É uma vila velha, antiga e esquecida pelos governantes. Quando chove então, a casa fica alagada, com água até o joelho”, lamenta o aposentado.

Moradora da Coophavila há quase 40 anos, a também aposentada Teodócia Leiva Concha, 75 anos, comenta que não pode pagar o IPTU a vista em 2014, algo que jamais deixou de fazer. “Vou completar 40 anos neste bairro e, mesmo sem esgoto neste tempo todo, jamais deixar de pagar o IPTU à vista. Este ano, por conta do aumento, não tive condições. É pouco, mas para mim significa muito”, comenta a aposentada.

O valor do seu imóvel, que fica atrás de outra casa, era de R$ 260 em 2013. Neste ano, o valor subiu para R$ 317. “São muitas contas logo no começo do ano, tanto em janeiro quanto em fevereiro. Portanto, essa pequena diferença faz falta para mim e então tive de parcelar”, fala a idosa.

Melhorias – Ao contrário, a costureira Iolanda Vasconcelos, 67 anos, diz que percebe melhorias. “Apesar das reclamações da nova gestão vejo muitas obras, porém muito mais em outros locais do que no Monte Castelo, onde moro atualmente. Espero que continue melhorando a nossa situação, ainda mais eu que tive aumento de R$ 1.130 para R$ 1.340 no meu IPTU”, ressalta a costureira.

Da mesma maneira pensa o aposentado Ramão Jorge Roa, 65 anos. “As pessoas reclamam muito da prefeitura, mas o aumento acompanha as melhorias que fazemos em nossa casa. Só de cobrir a telha gera um aumento, é a lei em geral. Mas na avenida Júlio de Castilhos, onde moro há 22 anos, percebi muitas melhorias, principalmente na hora da chuva forte”, avalia o aposentado.

Sobre o aumento de 5,93%, o aposentado que deverá pagar R$ 1,5 mil de IPTU diz que a aposentadoria também deveria acompanhar essa ampliação. “Ela aumentou 5,43%, menos até do que o IPTU, portanto já saímos perdendo”, finaliza o aposentado.

Para pagamento no mês de fevereiro, à vista, o desconto é de 20%. Já quem paga à prazo, o desconto é de 10%.

Costureira diz que obras ocorrem mais no centro da cidade. Foto: Graziela RezendeCostureira diz que obras ocorrem mais no centro da cidade. Foto: Graziela Rezende
Aposentado vê melhorias com IPTU, mas não gostou do aumento. Foto: Graziela RezendeAposentado vê melhorias com IPTU, mas não gostou do aumento. Foto: Graziela Rezende


Senhores munícipes o IPTU foi reajustado baseado em uma lei aprovada de madrugada numa câmara de vereadores que nunca pagou aluguel, impostos e deu exemplo de retorno a comunidade, o progressivo é de acordo com o valor venal de avaliação do imóvel na região pela média de vendas e valorização junto aos CRECI, CREA e SEMADUR de acordo com avaliação de engenheiro, arquiteto e funcionário de gestão pública. Então isto é uma FALSA avaliação, tenho imóvel no JARDIM NOROESTE onde não existem ruas asfaltadas, iluminação pública, esgoto, linhas de ônibus e o reajuste foi de mais de 100 % ?? Isto leva a crer que estas pessoas não sabem avaliar um imóvel ou local onde está situado e nem conhecem a cidade de Campo Grande. Publicam aqui, que fizeram obras no centro da cidade ONDE ? Creches ? Escolas ?
 
CARLOS ALBERTO CATALANI em 06/02/2014 08:35:02
NA CASA DE MINHA MÃE, APÓS 9 ANOS MORANDO NO MESMO LUGAR, VEIO UMA MULTA DE UM "GALPÃO" DE 28M² QUE FOI "CONSTRUÍDO" SENDO QUE NÃO ACONTECEU OBRA ALGUMA EM TODO ESSE TEMPO E MUITO MENOS TEM ESPAÇO PARA ESSA OBRA... NA ADM DO NELSINHO, SEMPRE TUDO CERTINHO E TEVE ANO QUE VEIO ATÉ UMA DIMINUIÇÃO EM RELAÇÃO AOS ANOS PASSADOS... AGORA ME FALA, O QUE DIZER DESSA TRAGÉDIA EXPERIMENTAL DE COLOCAR ALCIDES BERNAL NA PREFEITURA???? MAS CAMPO GRANDE MERECE, ELE FOI ELEITO COM MAIORIA DOS VOTOS DA CIDADE, E TODO UM EXCELENTE TRABALHO E PROJETOS DE 8 ANOS DE PMDB, FOI JOGADO NA FOSSA. MAS COMO DIZ NOS ADESIVOS DE MEIA DÚZIA DE CARROS... "DEIXA O OMI TRABAIÁ"
 
HENRY DAVIS LUZARDO SOUZA em 06/02/2014 08:10:34
só tem uma palavra para descrever isso:
VERGONHA!
 
roberto bezerra de meneses jr em 05/02/2014 20:47:23
agora ninguém votou no Bernal, Mas tá ai, o povo queria mudanças, mas as mudanças que estao vindo só por Deus, aposto que estes "Coitados" são os mesmo que votarao nele, agora tem que cobrar, tem que brigar, pois o IPTU ele jurou que seria congelado, Mentira deveria dar cadeia
 
ailton branco em 05/02/2014 18:10:23
a população tem que se unir e ficar um ano sem pagar IPTU, aí quero ver não melhorar, o problema é que a população de Campo Grande não se une, mas se todo mundo colaborasse eu queria ver prefeito pulando 4 metro de altura sem saber o que fazer, podiam tambem se unir e não pagar IPVA, afinal em Campo Grande não tem asfalto, só tem buraco.
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 05/02/2014 17:57:13
cadê o povo que votou no Bernal? ninguem se manifesta? cadê os apoiantes deste "cara"???
 
silmar oliveira em 05/02/2014 17:47:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions