A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

30/01/2013 17:38

IPTU gerou receita de R$ 228,6 milhões em 2012 em Campo Grande

Fabiano Arruda

Campo Grande arrecadou, ao longo de 2012, R$ 228,6 milhões, número que reflete crescimento de 17% em relação à soma do tributo ao longo de 2011, quando o valor foi de R$ 195,2 milhões.

O imposto é quase metade da receita tributária da Capital, que, no ano passado, foi de R$ 581,3 milhões. Em seguida aparece o ISS, que totalizou R$ 217,1 milhões no ano passado.

Das cotas repassadas ao município, o ICMS garantiu R$ 349,8 milhões durante 2012, seguido do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) que, apesar das seguidas quedas, totalizou R$ 136,5 milhões aos cofres da Prefeitura.

Os gastos com a previdência foram de R$ 129,1 milhões. Já as despesas correntes totalizaram R$ 1,8 bilhão, sendo R$ 967 milhões referentes a custos com pessoal e encargos sociais, além de R$ 13,5 milhões de juros e encargos da dívida. Investimentos representaram R$ 436,6 milhões, enquanto concessão de empréstimo, R$ 4,37 milhões.

A despesa bruta com os servidores municipais totalizou R$ 966,7 milhões em 2012. Do total, R$ 816,6 milhões foram para funcionários ativos e R$ 118,3 milhões para inativos e pensionistas.

Nos gastos da administração municipal, a Saúde, com R$ 707,1 milhões, ficou com a maior fatia do orçamento do ano passado, que foi de R$ 2,42 bilhões. Já a Educação recebeu R$ 474,9 milhões.

Os números foram divulgados nesta quarta-feira, no Diário Oficial, no relatório de execução orçamentária da Prefeitura de Campo Grande.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions