A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

25/07/2019 14:10

MS cria 898 novas vagas de trabalho, melhor resultado de junho em 6 anos

Setores que mais contribuíram para a geração de empregos foram Serviços, com 590, e Comércio, com 449 vagas

Gabriel Neris
Comércio da região central de Campo Grande, setor criou 449 vagas em junho (Foto: Kísie Ainoã)Comércio da região central de Campo Grande, setor criou 449 vagas em junho (Foto: Kísie Ainoã)

Mato Grosso do Sul fechou junho com 898 vagas a mais de emprego formal, de acordo com o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgado nesta quinta-feira (25). É o melhor resultado para o mês dos últimos seis anos.

Em comparação com os anos anteriores, em 2014 foram apenas 70 vagas a mais; -236 no ano seguinte; 35 em 2106; saldo de 250 postos formais em 2017 e 297 no ano passado.

Os setores que mais contribuíram para a geração de empregos foram Serviços, com 590, Comércio, com 449, e Agropecuária, com 488 vagas a mais. A Indústria de Transformação fechou com saldo negativo, 620 vagas a menos de trabalho.

Em junho, o Estado registrou total de 19.354 contratações e 18.456 desligamentos. No acumulado do ano, Mato Grosso do Sul conta com saldo de 15.332 novos postos de trabalho (135.185 admissões e 119.853 desligamentos). Em 12 meses, o saldo é de 4.933 novas vagas de emprego formal (247.180 contratações e 242.247 rescisões).

Campo Grande fechou junho com saldo negativo, -58 vagas de trabalho formal. Em 30 dias foram 7.299 contratações e 7.357 rescisões de trabalho. No acumulado do ano, a capital sul-mato-grossense atingiu saldo de 1.926 novos postos de trabalho (50.610 admissões e 48.684 desligamentos). Já nos últimos 12 meses, o saldo é ainda maior: 2.805 vagas a mais, com 97.071 contratações e 94.266 rescisões.

Entre os municípios do interior, Três Lagoas foi quem apresentou o melhor saldo no mês, com 270 novos postos formais de trabalho. Em Dourados são 171 vagas a mais e Ponta Porã chegou a 144. Do outro lado, Paranaíba fechou o sexto mês do ano com 589 postos a menos de trabalho. Em Nova Andradina o saldo também foi negativo, com 89 vagas fechadas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions