A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

14/06/2013 10:14

Obra do PAC e com custo de R$ 485 milhões, usina começa a funcionar em MS

Aline dos Santos
Usina vai gerar 48 megawatts. (Foto: Divulgação)Usina vai gerar 48 megawatts. (Foto: Divulgação)

Com investimento de R$ 485 milhões e obra do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), a usina São Domingos entrou em operação nesta sexta-feira. O projeto, que conforme o cronograma foi iniciado em 2009 e deveria entrar em operação em setembro de 2012, passou por diversos percalços.

Em maio do ano passado, a construção chegou a ser suspensa por falta de projeto para transposição dos peixes. Também em 2012, funcionários atearam fogo a alojamentos e o TCU (Tribunal de Contas da União) mandou refazer contratos para evitar desperdício de R$ 8,8 milhões.

“A Usina São Domingos foi um projeto difícil, com muitos desafios técnicos, que conseguimos superar. O início da operação da primeira unidade geradora é muito gratificante. Estamos bastante otimistas com o desempenho operacional da primeira máquina e trabalhando no comissionamento do segundo conjunto gerador para colocá-lo em operação comercial ainda em 2013. Este é o ano da consolidação da Eletrosul como geradora de energia”, afirmou, por meio da assessoria de imprensa, o diretor de Engenharia e Operação, Ronaldo dos Santos Custódio.

Segundo a Eletrosul, o prazo para funcionamento foi revisto devido à inconsistências técnicas observadas durante a fase de ensaios e testes das turbinas e geradores. O cronograma inicial também foi comprometido devido à inexistência de mão de obra qualificada, greve dos operários, incêndio em alojamento, falha geológica e excesso de chuvas.

A usina aproveita o potencial hidrelétrico do rio Verde, nos municípios de Água Clara e Ribas do Rio Pardo. Ao todo, o empreendimento vai gerar 48 megawatts, suficiente para atender ao consumo de aproximadamente 550 mil habitantes. A segunda turbina será acionada ainda neste ano.

O escoamento da energia é feito por uma linha de transmissão de 53 quilômetros até a subestação Água Clara, que pertence à Enersul, conectando a usina ao Sistema Interligado Nacional. Conforme a empresa, foram investidos R$ 14 milhões em projetos socioambientais.

Nos próximos 30 anos, os municípios da área de abrangência da usina receberão compensação financeira de R$ 21,5 milhões. Durante as obras, foram gerados 2 mil empregos diretos e indiretos.

Com 32 metros de altura, a barragem da usina forma um reservatório com área de aproximadamente 19 quilômetros quadrados e volume de 131 milhões de metros cúbicos. O canal, de 400 metros de comprimento por 6 metros de profundidade, e todo o barramento são revestidos por manta de polietileno de alta densidade.

“Diferente de empreendimentos que utilizam métodos convencionais com concreto ou solo argiloso protegido por rochas, a São Domingos é a primeira usina hidrelétrica do Brasil a adotar essa técnica no barramento, que viabilizou a construção do reservatório em terreno arenoso, característico da região”, relatou o engenheiro responsável pela obra, André Batistela Ribeiro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions