A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

27/07/2017 11:59

Pente-fino cancela 1.386 auxílios-doença em Mato Grosso do Sul

Ricardo Campos Jr.

O Governo Federal já cancelou 1.386 auxílios-doença em Mato Grosso do Sul durante pente-fino entre os trabalhadores que recebem o benefício em todo o país. Até o dia 14 de julho foram realizadas 2.157 perícias no estado de um total de 7.832 previstas.

Segundo dados do MDS (Ministério do Desenvolvimento Social), 682 benefícios foram convertidos em aposentadoria por invalidez, 20 em auxílio-acidente, 12 em aposentadoria por invalidez com acréscimo de 25% e 57 pessoas foram encaminhadas para reabilitação profissional.

Outros 154 benefícios foram cancelados porque os trabalhadores convocados não compareceram na data e hora agendadas para serem avaliadas pela junta.

Com a medida, a União conseguiu economizar, somente em Mato Grosso do Sul, R$ 13,5 milhões. Em todo o país já foram realizadas 200 mil perícias e cancelados 180 mil benefícios, o que gerou uma economia de R$ 2,6 bilhões por ano aos cofres públicos.

Foram convocados para o pente-fino todos aqueles que há mais de dois anos não passavam por revisão junto ao INSS.

O benefício é concedido ao trabalhador que sofre um acidente ou adquire alguma doença que o deixa incapacitado para trabalhar por tempo determinado. Para começar a receber o dinheiro, a pessoa tem que apresentar laudo médico que comprove a necessidade do afastamento e passar por revisões periódicas.

Quando o problema deixa o beneficiário sem condições de trabalhar indeterminadamente, o auxílio é convertido em aposentadoria por invalidez. Porém, até mesmo esses abonos devem ser revistos pelo governo, exceto para aqueles que tem mais de 60 anos ou recebem ou quem tem 55 anos e tem sido contemplado há pelo menos 15 anos.

A expectativa do Governo Federal é economizar R$ 10 bilhões por ano ao final do pente-fino no INSS.

Justiça dá 45 dias para INSS realize perícias médicas em cidades do MS
O INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) terá que realizar perícias médicas obrigatória para a concessão de benefícios previdenciária em no m...
Com revisão de benefícios, Previdência paga R$ 9,8 milhões no Estado
Até a próxima segunda-feira (dia 8), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) depositará o total de R$ 9,8 milhões a 1.121 beneficiários de Mato ...
Governo vai convocar 28 mil segurados do INSS no Estado para revisão
O Ministério do Desenvolvimento Social aumentou o número de benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Nacional) que serão revisados em Mato Gr...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions