A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017

09/05/2017 13:52

Preço da batata e do tomate sobem e cesta básica vai a R$ 402 na Capital

Priscilla Peres
Batata ficou 18% mais cara em abril. (Foto: Marina Pacheco)Batata ficou 18% mais cara em abril. (Foto: Marina Pacheco)

A Cesta Básica de Campo Grande ficou 2,61% mais cara em abril, chegando a custar R$ 402,19 aos consumidores. Apesar do aumento pelo segundo mês consecutivo, no primeiro quadrimestre de 2017, o conjunto de produtos ficou 1,44% mais barato.

Os dados são do Dieese/MS (Departamento Intersindical de Estatística e Estudo Socioeconômicos) e mostram ainda que a cesta básica de Campo Grande é a 10ª mais barata do país.

Em abril e batata e o tomate foram os que mais pesaram na alta da cesta, com aumentos de 18,72% e 15,97% respectivamente. Dos 13 itens pesquisados, outros quatro sofreram inflação no período, sendo a carne (2,52%), leite (1,79%), banana (3,43%) e manteiga (2,95%).

Em contrapartida, sete produtos ficaram mais baratos em abril. O destaque é para o óleo de soja que teve redução de 9,91% no preço. Feijão (-7,90%), arroz (-7,36%), farinha (-1,47%), açúcar (-1,75%), pão (-1,01%) e café (-0,18%).

O tomate ficou mais caro em 27 cidades em abril, devido ao fim da colheita da safra de verão e o clima mais ameno, que diminuiu o tempo de maturação da safra de inverno que se inicia. Enquanto isso, as chuvas reduziram a oferta da batata que ficou mais cara durante a alta demanda da Semana Santa.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions