A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

22/12/2016 13:19

Preço da carne varia até 217% entre supermercados, aponta pesquisa

Estudo do Procon avaliou valores das carnes bovina, ovina, suína e de frango em nove lojas

Elci Holsback
Picanha foi a carne com maior variação de preço (Foto: Fernando Antunes)Picanha foi a carne com maior variação de preço (Foto: Fernando Antunes)

O valor das carnes bovina, suína, ovina e de aves varia até 217% entre supermercados de Campo Grande, segundo pesquisa do Procon/MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) divulgada nesta quarta-feira (21).

A pesquisa avaliou a variação de preço de 16 cortes de carne bovina, três de ovina, cinco cortes de carne suína e quatro de frango em nove supermercados da cidade.

O corte com maior variação de preço é a picanha bovina, encontrada no valor mínimo de R$ 16,39/Kg no hipermercado Carrefour e por R$ 51,99/kg no Pão de Açúcar, variação de 217,2%. Já o filé mignon foi encontrado a R$ 32,90/kg no Comper e a R$ 83,99 no Pão de Açúcar, registrando variação de 155,2%.

O corte com menor variação de preço, de acordo com a pesquisa é o coxão duro, vendido a R$ 18,08/kg no Wal Mart e R$ 21,90/kg na Rede Econômica. A variação foi de 21,1%.

A paleta ovina foi encontrada com variação de até 160%. O menor valor foi encontrado a R$ 19,19/kg no hipermercado Extra e o maior, no Comper, por R$ 49,90/kg.

Entre as carnes suínas, maior variação na bisteca, vendida a R$ 7,90/kg no Comper e a R$ 15,19 no Carrefour. A variação registrada é de 92,2%. O pernil, um dos cortes mais procurados pelo consumidor registrou variação de 60,8%, a menor entre os cortes suínos. No Pão de Açúcar o quilo da carne é vendido a R$ 8,69, enquanto que no Wal Mart, chega a R$ 13,98.

O frango congelado inteiro variou até 58,1% entre os estabelecimentos. Menor preço encontrado no Extra, onde a ave é vendida a R$ 4,99/kg e o maior valopr foi encontrado no Pão de Açúcar, por R$ 7,99/kg. O peito sofreu maior variação, com diferença superior a 132%. No Forte a carne é encontrada a R$ 5,85/kg enquanto no Extra, o valor chega a R$ 13,59/kg.

De acordo com a superintendente do Procon/MS, Rosimeire Cecília da Costa, a pesquisa colabora para que o consumidor planeje as compras para as festas. "Os preços dos produtos da ceia de Natal  em geral são importados e apresentam grande variação. Como o churrasco é tradicional em Mato Grosso do Sul, o levantamento de preços das carnes pretende auxiliar o consumidor a fazer sua festa com os menores preços”, avalia.

A pesquisa foi realizada entre os dias 12 e 15 deste mês e visitou lojas do Comper, Assaí, Extra, Carrefour, Wal Mart, Atacadão, Rede Econômica, Fort e Pão de Açúcar.

BNDES lança canal online para pequenas e médias empresas solicitarem crédito
Os micro, pequenos e médios empresários contam, a partir de hoje (26), com um canal que permite, de forma ágil, realizar a solicitação de crédito dir...
Conselho revoga incentivo fiscal concedido à empresa de Campo Grande
O Codecon (Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico) revogou os benefícios que haviam sido concedidos à empresa Marfi Oeste Comércio de Artigo...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions