A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018

21/01/2018 08:58

Preços dos combustíveis sobem até 4,6% nas primeiras semanas do ano

Etanol teve alta mais acentuada, mas gasolina também encareceu em MS

Osvaldo Júnior
Veículo sendo abastecido em posto da Capital (Foto: André Bittar)Veículo sendo abastecido em posto da Capital (Foto: André Bittar)

Os preços dos combustíveis já acumulam alta de até 4,6% em Mato Grosso do Sul neste início de ano. O encarecimento mais expressivo é do etanol, que continua economicamente em desvantagem na comparação com a gasolina. Os números são da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

De acordo com levantamento da Agência, feito durante a semana passada (de 14 a 20 de janeiro), o litro do etanol custa, em média, R$ 3,317 em postos de Mato Grosso do Sul. No fim do ano passado (de 24 a 30 de dezembro), o valor médio era de R$ 3,3171.

A variação, acumulada no período, é de 4,6% ou de R$ 0,146. No abastecimento completo de um veículo com tanque de 50 litros, a diferença é de R$ 7,30.

A gasolina também encareceu, embora em patamar menor. O valor médio do combustível subiu de R$ 4,061 (de 24 a 30 de dezembro) para R$ 4,143 (na semana passada). A alta é de 2,01%. São R$ 4,10 a mais a cada tanque de 50 litros.

Nesse comportamento dos preços, o valor do etanol equivale a 80% do da gasolina. Quando essa paridade é maior que os 70%, fica inviável economicamente abastecer o veículo com etanol.

Diesel – O diesel, diferentemente dos demais combustíveis, apresenta trajetória de queda de preço. O litro, conforme verificado pela ANP na semana passada, tem valor médio de R$ 3,772.

Esse preço representa ligeiro recuo de 0,53% na comparação com o praticado na última semana de 2017. Na ocasião, o valor médio do diesel era de R$ 3,772.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions