A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

23/04/2018 15:24

Prefeitura arrecadou mais R$ 4,7 milhões com “nova” taxa de lixo

O município lançou R$ 44,800.433,64 a título do imposto; foram 267 mil carnês e 101 mil cartas de crédito

Mayara Bueno
Caminhão da Solurb na saída da empresa. (Foto: André Bittar/Arquivo).Caminhão da Solurb na saída da empresa. (Foto: André Bittar/Arquivo).

A prefeitura de Campo Grande arrecadou R$ 4,7 milhões dos contribuintes que pagaram a taxa de lixo à vista ou a primeira parcela até 20 de abril de 2018 (última sexta-feira). O valor é 10% do total lançado, que é R$ 44 milhões.

As informações são do chefe do Executivo municipal, Marquinhos Trad, nesta segunda-feira (dia 23). A 'nova' taxa do lixo foi emitida após erros no cálculo no início de 2017. Na ocasião, o esperado era arrecadar R$ 88 milhões.

Contudo, o valor recebido do novo cálculo não soma, até então, o total pago pela prefeitura à Solurb, que é R$ 7,5 milhões por mês. Vale lembrar que o montante arrecadado ainda vai aumentar, se levar em consideração que os contribuintes tiveram opção de parcelar o valor em até nove vezes.

O município emitiu 267 mil carnês da taxa de lixo e enviou 101 mil cartas de crédito. Este último caso refere-se aos contribuintes que pagaram a primeira taxa e não pediram a restituição do valor.

O documento, então, informou quanto a pessoa pagou, o que foi abatido para quitar a 'nova' taxa e quanto sobrou como crédito para o próximo ano.

No total, a prefeitura lançou R$ 44.800.433,64 de taxa do lixo, dos quais R$ 20 milhões, que referem-se às pessoas que já tinham pagado, mas não pediram a devolução, já estavam no caixa municipal.

'Nova' taxa - No novo cálculo, a prefeitura informou que 86,18% das inscrições imobiliárias de Campo Grande receberam um valor anual de até R$ 200, R$ 16,67 por mês.

Destes, 33,86% pagarão menos de R$ 50 e 29,60% terão o valor anual calculado entre R$ 50 a R$ 100. Os valores poderão ser divididos em até 9 parcelas. A partir do ano que vem a taxa será cobrada junto com o IPTU.

*Matéria editada às 17h11 para acréscimo de informação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions