A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Julho de 2018

16/04/2018 12:16

Contribuinte já pode consultar e imprimir boleto da taxa de lixo pela internet

Primeira parcela ou pagamento à vista vence no dia 20 de abril; valor para a maioria varia de R$ 20 a R$ 200

Anahi Zurutuza
Equipe da coleta de lixo em Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Equipe da coleta de lixo em Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Os boletos de cobrança da taxa de limpeza pública já estão disponíveis no site da Prefeitura de Campo Grande. Na página, contribuintes também podem acessão a tabela usada como base para cálculo da tarifa.

A “nova” taxa de lixo poderá ser paga à vista no dia 20 de abril ou parcelada em até nove vezes.

O decreto, assinado pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD) e que regulamentou a Taxa de Coleta, Remoção e Destinação de Resíduos Sólidos Domiciliares 2018, foi publicado no Diário Oficial de Campo Grande desta sexta-feira (16).

Os valores cobrados de 87% dos contribuintes variam de R$ 20 a R$ 200 e o prazo para contestar a cobrança vai até o dia 10 de maio.

Erro – A Prefeitura de Campo Grande arrecadou R$ 9 milhões antes de revogar a cobrança, em janeiro deste ano, sob alegação de erro técnico.

Idealizada para reduzir o valor cobrado pela coleta e destinação de resíduos sólidos a 60% dos campo-grandenses, a nova taxa do lixo na verdade elevou o custo do serviço para 98% dos contribuintes.

Foram adotadas duas opções de restituição, sendo a devolução integral do valor pago em conta bancária – cujo requerimento deveria ter sido feito até 28 de fevereiro – ou o crédito para abatimento sobre a taxa a ser aplicada no ano que vem.

Segundo a prefeitura, a taxa existe “há mais de 45 anos” e era embutida no valor do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Mas, a partir deste ano, por determinação judicial, passou a ser cobrada em boleto separado.

Serviço – Para ter acesso ao carnê, o contribuinte deve acessar o site da Prefeitura de Campo Grande, no endereço www.campogrande.ms.gov.br/taxadolixo.

Para consultar a 2ª via do boleto é preciso ter o número da inscrição municipal, que está registrado nos carnês do IPTU, por exemplo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions