ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 21º

Economia

Sair do emprego não garante que conta do FGTS fique inativa; entenda

Por Priscilla Peres | 27/12/2016 10:29
Para consultar extrato do FGTS basta acessar o site da Caixa. (Foto: Reprodução)
Para consultar extrato do FGTS basta acessar o site da Caixa. (Foto: Reprodução)
Clicando no 'extrato completo' é possível consultar a situação da conta. (Foto: Reprodução)
Clicando no 'extrato completo' é possível consultar a situação da conta. (Foto: Reprodução)

O governo liberou o saque do FGTS de contas que ficaram inativas até dezembro de 2015, porém para garantir que poderá contar com o montante é preciso ficar atento aos depósitos feitos pelo ex-empregador. Acontece que se o trabalhador deixou o emprego antes de 2015, mas a empresa continua depositando o fundo atrasado, a conta é considerada ativa e, assim, o saque proibido.

Para cada emprego com carteira assinada o trabalhador possui uma conta de FGTS, que é possível consultar pela internet com o número do PIS e senha, que pode ser cadastrada na hora. Com o e-mail também é possível ter acesso ao extrato completo das contas. Clique aqui.

Ao entrar no item 'extrato', o trabalhador encontra as informações sobre todas as suas contas, como nome da empresa, número da carteira de trabalho, da conta do FGTS, das movimentações e por fim, da situação da conta. Neste item está a informação mais importante. Se estiver um I, significa que está inativa e o saque pode ser feito, mas se constar um A, é considerada ativa.

Se o trabalhador deixou o emprego em 2014, por exemplo, e sua conta está ativa, significa que a empresa continua fazendo depósitos. No extrato completo é possível ver a quantidade depositada e as datas.

A conta é considerada inativa quando deixa de receber depósitos e isso acontece automaticamente, segundo a Caixa Econômica Federal. Portanto, quem tem a conta do FGTS ativa, ou que tenha ficado inativa em 2016, não pode sacar.

Regras - O governo liberou o saque total de contas inativas, desde 31 de dezembro de 2015. E tem direito ao recurso todos aqueles que já trabalharam com carteira assinada, sendo que para cada emprego há uma conta de FGTS.

Não é possível sacar o dinheiro de empregos atuais e a consulta do saldo pode ser feita informando o número do PIS e a senha, no site da Caixa. A senha pode ser cadastrada na hora, e também é possível saber pelo aplicativo para celular da Caixa.

O aplicativo do banco já é um dos mais baixados na Play Store de celulares androides. Em fevereiro, o governo vai divulgar a data em que o saque estará disponível.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário