A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Junho de 2018

18/07/2011 13:28

Sudeco terá orçamento de R$ 1,3 bilhão para investimentos no Centro-Oeste

Ítalo Milhomem

A Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste), que foi extinta em 1990 e foi recriada pelo ex-presidente Lula em 2009 e implantada em maio deste ano pela presidente Dilma, planeja investir R$ 1,3 bilhão em projetos de infra-estruturam, logística e outras áreas que possam desenvolver o comércio e a indústria entre os Estado do Centro-Oeste e do Distrito Federal. A liberação de recursos iniciará em 2012.

As informações foram dadas durante a primeira reunião do projeto “Encontros Empresariais”2011, organizado pela Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) nesta segunda-feira (18).

De acordo com o diretor de implementação de projetos e gestão de fundos da Sudeco, Cleber Ávila, os trabalhos começaram há pouco tempo, cerca de 20 dias, mas a superintendência já está colocando em prática o diálogo com setores produtivos e com os governos estaduais para criação do Plano Regional do Centro-Oeste, que irá pautar os investimentos da Sudeco em projetos privados e públicos.

A superintendência terá como presidente a presidente Dilma ou o ministro da Integração Nacional e contará com representantes dos governos estaduais e dos municípios da região em seu conselho deliberativo, além de dialogar também com as federações da indústria, comércio e da agricultura e pecuária.

Nas reuniões iniciais, foram identificados como prioridade, os investimentos no setor de infraestrutura e logística que possa integrar e aumentar a produção destes Estados.

“Os bons projetos apresentados pelos governos e indústrias nesta linha prioritária, de integrar o desenvolvimento regional serão financiados pela Sudeco” afirma Ávila.

Junto com a Sudeco haverá o FDCO (Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste), que deve ser regulamentado até agosto deste ano por meio de medida provisória. O valor solicitado à presidência foi embasa em vários estudos. Ávila compara o investimento de R$ 1,3 bilhão da Sudeco, com os quatro Estados do Centro-Oeste com a Sudene (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste), que recebe um montante semelhante, mas para 9 Estados.

Inicialmente os recursos serão liberados por bancos como CEF (Caixa Econômica Federal), Banco do Brasil e outros bancos oficiais de fomento. Porém também está sendo discutida a criação de banco próprio, o BDCO (Bando do Desenvolvimento de Centro Oeste), que iria centralizar a gestão dos recursos da Sudeco.

Dia de tentar ficar milionário: loterias sorteiam R$ 168 milhões hoje
A Mega-Sena pode pagar, neste sábado (dia 23), R$ 38 milhões para quem acertar as seis dezenas. O prêmio está acumulado há seis rodadas e o sorteio e...
Hub aéreo no nordeste avança segundo companhia
O número de voos entre Fortaleza e a Europa deve aumentar em breve indicou a companhia aérea KLM junto de sua sócia francesa, a Air France. A ideia s...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions