A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

24/08/2017 23:16

Transporte pode ficar 12% mais barato a partir do Corredor Bioceânico

Nyelder Rodrigues e Osvaldo Junior
Transporte pode ficar 12% mais barato a partir do Corredor Bioceânico
Porto Murtinho é ponto de partida para rota rodoviária rumo ao Pacífico (Foto: Reprodução)Porto Murtinho é "ponto de partida" para rota rodoviária rumo ao Pacífico (Foto: Reprodução)

O custo do transporte de cargas para exportação ou mesmo importação para Mato Grosso do Sul deve ficar de 10 a 12% mais barato a partir da implantação do Corredor Bioceânico, levará o Centro-Oeste brasileiro até o norte do Chile via rodoviária, chegando então aos portos de Iquique e Antofagasta, no oceano Pacífico.

A estimativa de redução dos custos com transporte é do presidente Setlog-MS (Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Cargas e Logística de Mato Grosso do Sul), Claudio Cavol, e foi feita na noite desta quinta-feira (24), durante o lançamento da expedição que fará o mesmo trajeto do corredor.

A expedição da Rila (Rota de Integração Latino-Americana) conta com a participação do próprio Setlog, e de várias outras empresas, entre elas o Campo Grande News. A partida para a viagem será dada nesta sexta-feira (25).

"Mesmo com a distância rodoviária maior, as estradas no trajeto serão boas e a infraestrutura dos portos chilenos é melhor que a dos brasileiros. Os caminhões não vão demorar tanto parados, o que vai gerar uma economia grande para o setor de transportes de forma geral, principalmente em nosso Estado", destaca Cavol.

Presidente do Setlog-MS, Claudio Cavol (Fotos: João Paulo Gonçalves)Presidente do Setlog-MS, Claudio Cavol (Fotos: João Paulo Gonçalves)
Campo Grande News estará presente na expedição, que começa nesta sexta-feira na CapitalCampo Grande News estará presente na expedição, que começa nesta sexta-feira na Capital

Fora da gaveta - Há muitos anos o Corredor Bioceânico é pauta de debates, mas o projeto sempre ficou no campo das ideias - com diferentes trajetos elaborados, inclusive, passando pelo sul do Paraguai ou pela Bolívia.

Porém, dessa vez, parece que o projeto finalmente sairá do papel e será executado, conforme o senador sul-mato-grossense Waldemir Moka (PMDB), que também participou do lançamento da expedição nesta quinta, em Campo Grande.

"Venho escutando faz pelo menos 20 anos sobre esse projeto [rota rodoviária para os portos sul-americanos no oceano Pacífico], mas essa é a primeira vez que vejo que vai sair do papel de fato. Estamos todos empenhados para que isso acontece de verdade", aponta o senador Moka.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions