A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Junho de 2018

12/09/2014 14:35

Usina de etanol de milho apresenta projeto para unidade em MS

Priscilla Peres

A diretoria da BioUrja do Brasil Agroindústria que pretende construir uma usina de etanol de milho em Chapadão do Sul - distante 321 km de Campo Grande, fará uma apresentação do projeto da indústria no dia 17 de setembro na Capital.

A primeira indústria de fracionamento de milho de Mato Grosso do Sul vai absorver a produção regional do grão, como matéria-prima para a produção de etanol hidratado e anidro, além de fazer o processamento de farelo de milho de alto valor proteico (Dries Destilled Grain with Solubles - DDGS), produção de Dióxido de Carbono (CO2) e cogeração de energia.

A BioUrja do Brasil Agroindústria é uma empresa integrante do Grupo BioUrja, que foi constituído em 2011, com a finalidade de promover investimentos na produção de etanol no Brasil, especialmente em Mato Grosso do Sul. Os empreendedores têm a intenção de utilizar no Brasil a mesma tecnologia de produção de etanol utilizada das usinas americanas e assim promover uma maior organização da cadeia do milho.

Mato Grosso do Sul foi escolhido por ser um dos grandes produtores brasileiros de milho, tendo grande disponibilidade dessa matéria-prima para a planta industrial do Grupo. Em Chapadão do Sul, a BioUrja estima utilizar na operação da usina, 343 mil toneladas de milho por ano, o que seria equivalente a 4,6% da produção do Estado na safrinha do ciclo 2013/2014.

A principal vantagem da utilização do milho na produção de etanol está no fato de o grão produzir mais sacarose e álcool, ou seja, uma tonelada de milho rende 400 litros, enquanto a mesma quantidade de cana-de-açúcar produz 90 litros.

A apresentação do plano será realizada no dia 17 de setembro a partir das 17h30, na sede da Fiems (Federação da Indústria de Mato Grosso do Sul).

Dia de tentar ficar milionário: loterias sorteiam R$ 168 milhões hoje
A Mega-Sena pode pagar, neste sábado (dia 23), R$ 38 milhões para quem acertar as seis dezenas. O prêmio está acumulado há seis rodadas e o sorteio e...
Hub aéreo no nordeste avança segundo companhia
O número de voos entre Fortaleza e a Europa deve aumentar em breve indicou a companhia aérea KLM junto de sua sócia francesa, a Air France. A ideia s...


Isso ta parecendo Informe Publicitário.
Deixou de mencionar as desvantagens de produzir álcool com milho.
Utilizar um produto já muito consumido, como o milho, que é alimento humano e ração animal, para produção de combustível.
Isso causará uma pressão para elevar o preço do produto.
Um erro de decisão estado-unidense, e que esta sendo trazido nós.
 
Romeu Luitz em 12/09/2014 15:38:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions