ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 31º

Enquetes

Enquete: 55% dizem que não viram focos de dengue no quintal do vizinho

Em MS, 45 dos 79 municípios registram alta incidência da doença

Idaicy Solano | 31/03/2023 07:32
Agente de saúde durante visita a residência em Campo Grande. (Foto: Divulgação | PMCG)
Agente de saúde durante visita a residência em Campo Grande. (Foto: Divulgação | PMCG)

A enquete do Campo Grande News desta quinta-feira (30) perguntou se os leitores já flagraram focos de dengue no quintal do vizinho. A maioria, 55%, respondeu que não, e 45% disseram que já encontraram.

Nota técnica da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) aponta que Campo Grande já enfrenta epidemia de dengue. O limite na incidência de casos para considerar que a doença chegou a nível descontrolado foi atingido em janeiro. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (29).

Dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, a situação é grave em ao menos 45, que registram alta incidência. As maiores taxas estão em Batayporã (3.630,3); Alcinópolis (3.581,3) e Bodoquena (3.215,1). Cinco cidades estão com o valor na taxa dos 2 mil: Jaraguari (2.808,0); Antônio João (2.572,1); Itaporã (2.555,4); Corumbá (2.322,0) e Ladário (2.076,9).

Suspeita - A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) investiga a morte de uma menina de 3 anos por dengue hemorrágica. A criança foi atendida primeiro em UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Capital, mas morreu no HU (Hospital Universitário), na noite desta quarta-feira (30).

Casos confirmados - Três Lagoas lidera o número de casos confirmados da doença, com 711 notificações. Na sequência, vem a Capital com 408. Na lista também consta Bonito (373), Bela Vista (361), Batayporã (336) e Maracaju (334).

A dengue, zika e chikungunya são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. A melhor forma de combater o aumento de casos é a eliminação dos focos de reprodução.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias