ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEXTA  28    CAMPO GRANDE 29º

Esportes

Atlético-MG vence Fluminense por 2 x 1 e fica mais perto do título

Galo pode ser campeão já na terça-feira, a depender de outros resultados

Por Adriel Mattos | 28/11/2021 17:22
Hulk foi o grande destaque do jogo. (Foto: Pedro Souza/Clube Atlético Mineiro)
Hulk foi o grande destaque do jogo. (Foto: Pedro Souza/Clube Atlético Mineiro)

O Atlético Mineiro venceu o Fluminense por 2 a 1 neste domingo (28), em jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Mineirão. Com o resultado, o Galo chegou aos 78 pontos e o Tricolor carioca, aos 51 pontos, e está na 7ª posição.

Mais uma vitória ou dois empates, nos três jogos restantes, garante a taça ao Galo, independentemente de outros resultados.

O próximo jogo do Atlético será na quinta-feira, dia 2, contra o Bahia, no estádio da Fonte Nova, em Salvador (BA). Caso o Flamengo, segundo colocado na tabela de classificação, não vença o Ceará na terça-feira, 30, o Galo já entra em campo como campeão. Se o Flamengo vencer o Ceará, uma vitória contra o Bahia garante o título brasileiro ao time comandado pelo técnico Cuca.

As equipes protagonizaram um primeiro tempo bem disputado no Mineirão. Antes dos dez minutos, André arriscou para o Flu, enquanto Diego Costa respondeu para o Atlético.

Na sequência, o Tricolor voltou ao ataque e abriu a contagem com Manoel, que aproveitou cobrança de falta precisa de Marlon e fez o desvio certeiro para o fundo das redes, aos 13. No embalo do gol, a equipe carioca quase anotou o segundo com Fred.

Do outro lado, Hulk apareceu para o Galo, mas parou no goleiro Marcos Felipe. Já na marca dos 37, o atacante atleticano teve nova chance em cobrança de pênalti e não desperdiçou: 1 a 1. Depois do empate, o time da casa montou acampamento no setor ofensivo e por pouco não chegou a virada com Keno e Jair.

Na volta do intervalo, o Galo começou o segundo tempo pressionando no ataque. Junior Alonso, aos seis, viu Marcos Felipe fazer boa defesa. Até que, aos 14, Hulk cobrou falta, a bola desviou na barreira e foi morrer no fundo da meta tricolor.

Tentando a resposta rápida, o Fluminense assustou com Yago Felipe, que parou nas mãos de Everson. Enquanto, Eduardo Vargas quase anotou mais para o Atlético. Nos minutos seguintes, o Tricolor ensaiou uma pressão no ataque, mas não conseguiu evitar a derrota.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário