A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

25/11/2011 09:02

Brasil vence a China no tie-break na Copa do Mundo de Vôlei masculino

Fernando da Mata*

O placar em Kumamoto, no Japão, foi de 3 sets a 2 (23/25, 25/10, 25/18, 19/25 e 15/8), em 1h45 de jogo

Bloqueio triplo (Foto: Divulgação/FIVB)Bloqueio triplo (Foto: Divulgação/FIVB)

Com vários jogadores reservas em quadra, a seleção brasileira de vôlei masculino passou apertado, mas derrotou a China na madrugada desta sexta-feira (25), na Copa do Mundo.

O placar em Kumamoto, no Japão, foi de 3 sets a 2 (23/25, 25/10, 25/18, 19/25 e 15/8), em 1h45 de jogo.

O Brasil encerra a segunda fase com quatro vitórias (sobre Egito, Estados Unidos, Rússia e China) e apenas uma derrota (para a Itália).

Na terceira etapa da competição, o destino da seleção brasileira será Hamamatsu, onde enfrentará Argentina, Cuba e Sérvia. O primeiro jogo, contra os argentinos, será no domingo (27), às 3 horas (horário de MS).

O jogo - A seleção brasileira masculina de vôlei começou a partida com o levantador Bruno, o oposto Theo, os centrais Rodrigão e Gustavo, os ponteiros Murilo e João Paulo Bravo, além do líbero Serginho.

Theo abriu o marcador e os chineses passaram à frente em 3/2. A China chegou a fazer 6/4, mas, com bloqueio de Gustavo, o Brasil empatou em 6/6. Quando o adversário fez 12/9, o técnico Bernardinho parou o jogo e pediu tempo. No segundo tempo técnico, os chineses venciam por 16/11. Na reta final do set, a China chegou a fazer 22/20 e fechou o set em 25/23.

João Paulo Bravo atacou e fez o primeiro ponto da segunda parcial. Um ace de Murilo e um ataque para fora da China deixaram o Brasil em vantagem de 3/0. O técnico chinês pediu tempo. A seleção brasileira seguiu com ritmo forte e fez 8/2. O restante do set foi tranquilo para o Brasil, que, com ponto de saque de Marlon, fechou em 25/10.

O terceiro set começou equilibrado. Na primeira parada técnico, o Brasil tinha apenas um ponto de vantagem: 8/7. Logo depois, o time verde e amarelo abriu para 14/9. Os chineses ainda tentaram buscar, mas os brasileiros não deram chances e venceram o terceiro set, novamente com ace de Marlon, por 25/18.

Na quarta parcial, a história se repetiu e a seleção brasileira fez 8/7 no primeiro tempo técnico. Os chineses passaram à frente em 12/10 e Bernardinho pediu tempo. A China manteve a vantagem: 16/12. A diferença no placar aumentou para cinco pontos quando os adversários do Brasil fizeram 22/17. E, assim, os chineses fecharam o set em 25/19 e levaram a decisão para o tie-break.

No set decisivo, Bernardinho mexeu no time. Entraram Lucas e Wallace nos lugares de Gustavo e Theo. O Brasil fez 4/1 e, depois, aumentou a vantagem para 7/2. Os brasileiros não enfrentaram dificuldades e, no quinto set, venceram por 15/8.

(*) Com informações da CBV



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions