A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

11/08/2011 11:52

COB encerra nesta quinta vistorias a ginásios em Campo Grande

Fabiano Arruda

Capital concorre para sediar Jogos Olímpicos Escolares do ano que vem

Em três dias 23 instalações esportivas estão na agenda de vistorias do COB na Capital. (Foto: Divulgação)
Em três dias 23 instalações esportivas estão na agenda de vistorias do COB na Capital. (Foto: Divulgação)

Integrantes do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) encerram hoje as vistorias em 23 ginásios de Campo Grande. As visitas, que começaram na terça, fazem parte da agenda do comitê para avaliar a Capital como possível sede das Olimpíadas Escolares no ano que vem.

Hoje as vistorias começaram por volta das 8h. Estão previstas para serem checadas as instalações esportivas do Guanandizão, Sindicato dos Bancários, Associação Nipo-Brasileira, Instituto Mirim, Centro Olímpico Vila Nasser, Colégio Auxiliadora e o Autódromo.

Ontem à noite, os integrantes do comitê se reuniram com empresários do setor hoteleiro da Capital. Segundo o diretor-presidente da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), Julio César Komiyama, os representantes do setor mostraram interesse em praticar a média de preços exposta pelo COB para hospedar os atletas durante a competição.

Conforme Komiyama, o comitê deve enviar um questionário aos empresários na segunda-feira. “Campo Grande não é uma cidade turística. Durante os jogos praticamente todos os hoteis estarão lotados, então, é preciso olhar para os benefícios que o evento pode trazer como um todo”, comentou.

A estrutura dos hoteis em Campo Grande e os preços praticados pelos estabelecimentos estão entre os pontos determinantes na escolha da Capital como sede do maior evento esportivo do País.

O COB prevê investimento de R$ 4 milhões na cidade sede; metade será destinado para bancar hospedagem dos atletas. Serão necessários entre 2,4 a 2,8 mil leitos diários durante 12 dias.

Sobre as instalações esportivas, o diretor da Fundesporte garantiu que os integrantes do COB têm manifestado avaliações positivas dos ginásios. “Os jogos em Campo Grande não serão em quadras, mas sim, em ginásios cobertos. Isto é um diferencial”, pontuou.

Komiyama também revelou o projeto de transformar o Albano Franco num local de restaurante único para os atletas, além da intenção em aproveitar a estrutura para receber modalidades como judô e tênis de mesa.

“Estamos otimistas. Pelo que temos visto os reparos a serem exigidos serão pequenos e, além do mais, teremos até o ano que vem para providenciar”, disse Júlio.

Integrantes do comitê se reuniram ontem com empresários da rede hoteleira. (Foto: Divulgação)Integrantes do comitê se reuniram ontem com empresários da rede hoteleira. (Foto: Divulgação)

Candidatura - Campo Grande disputa com outras quatro cidades para receber as Olimpíadas Escolares do ano que vem: Belém (Pará), Teresina (Piauí), João Pessoa (Paraíba) e Natal (Rio Grande do Norte).

A Capital é a última a ser visitada e o resultado será anunciado até 28 de outubro deste ano, no entanto, segundo Komiyama, o anúncio pode ser antecipado.

Sediar o evento pode representar a injeção de R$ 8 milhões na economia durantes os 12 dias dos jogos.

A proximidade com o Pantanal deve contar pontos a favor da cidade. “Tem a questão do turismo. Muitos atletas não têm outra oportunidade de viajar’, afirmou nesta semana o diretor das Olimpíadas Escolares, Edgar Hubner.

Evento - As Olimpíadas Escolares são o maior evento estudantil esportivo do Brasil. Desde o seu primeiro ciclo (2005-2008) reúne milhares de alunos-atletas de instituições de ensino públicas e privadas para uma competição de abrangência nacional.

O evento é realizado em duas etapas, em cidades diferentes, com faixas etárias distintas. A de 12 a 14 anos conta com a disputa de 12 modalidades: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, tênis de mesa, vôlei e xadrez.

A de 15 a 17 anos também tem 12 modalidades: inclui o taekwondo, mas não conta com o badminton. Durante os dias de disputa, há também uma programação intensa direcionada aos participantes, com uma série de atividades culturais, educativas e sociais. Há a possibilidade de serem inseridas outras modalidades no ano que vem.

Candidata a sede de Olímpiadas Escolares, Campo Grande recebe vistoria
Expectadora na Copa do Mundo de 2014, Campo Grande recebe amanhã integrantes do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) que vão avaliar se a cidade tem cond...
Evento solidário de beach tennis reúne 46 duplas no fim de semana
O beach tennis é um esporte que esta atraindo cada vez mais adeptos e neste fim de semana, os atletas têm um motivo a mais para jogar: a solidariedad...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions