A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/10/2013 18:02

Corinthians procura brechas para fugir de punição sobre garrafada no Morenão

Helton Verão
Garrafa atingiu Bruno aos 8 minutos do segundo tempo, logo após o gol anulado de Alexandre Pato (Foto: Reprodução / Sportv)
Garrafa atingiu Bruno aos 8 minutos do segundo tempo, logo após o gol anulado de Alexandre Pato (Foto: Reprodução / Sportv)

O Corinthians será denunciado nos próximos dias pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), pela garrafa de plástico atirada contra o bandeira Bruno Salgado Rizo, no último dia 29, durante a partida com a Portuguesa, no estádio Pedro Pedrossian, o Morenão. E para isso a diretoria busca argumentos em outras punições que acabaram sendo “leves” para se defender neste caso.

De acordo com o artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), a pena por "deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo" varia de R$ 100 a R$ 100 mil, além da perda de um a dez jogos de mando.

Com esta situação, o Corinthians que já pagou multa de R$ 80 mil e está sendo obrigado a cumprir quatro jogos sem jogar em São Paulo pode piorar sua situação e ficar mais dez. Assim o clube não atuaria no Pacaembu mais este ano.

“Acho que a punição existe, as regras estão aí. Mas outros clubes tiveram o mesmo problema e não houve punição. Houve briga Goiás x São Paulo, não houve? O jogo Criciúma teve sinalizador, não teve? Achamos estranho, são dois pesos e duas medidas. Contra o Corinthians a mão é de ferro, contra os outros a mão é de pena. Aí é chato”, reclamou o diretor de futebol do Corinthians, Roberto de Andrade, em entrevista ao jornal Lance Net.

A primeira defesa que seria apresentar o autor da agressão já foi descartada, afinal, nem Polícia, nem Federações e torcedores apresentaram o responsável.

Outros exemplos de defesa são os casos em que foram aplicadas apenas multas ou perda de poucos mandos. Recentemente, problemas com sinalizadores, brigas e objetos atirados irão ser citados no “dossiê”.

Vale lembrar que a equipe já havia sido foi punida na Copa do Brasil, por conta dos torcedores que usaram sinalizadores no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, no jogo de ida contra o Luverdense. A perda de dois mandos poderá fazer com que o Corinthians jogue uma eventual final longe de São Paulo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions