A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

18/12/2011 14:53

Craques revelados em MS jogam no Amigos da Paz, em Campo Grande

Fernando da Mata

Evento no Belmar Fidalgo reuniu também veteranos dos gramados, cantores sertanejos e profissionais de diversos setores da sociedade

Lance da partida entre Sertanejo Campeão e Amigos da Paz (Foto: Simão Nogueira)Lance da partida entre Sertanejo Campeão e Amigos da Paz (Foto: Simão Nogueira)

Mato Grosso do Sul é um celeiro de craques dos gramados, exportando vários atletas todos os anos. Alguns deles, que estão brilhando em âmbito nacional e internacional, participaram do ‘Amigos da Paz’, na manhã deste domingo (18), na praça esportiva Belmar Fidalgo, em Campo Grande.

Um prata da casa é o atacante Caio Dittmar, de 16 anos. O jovem jogava em uma escolinha de Campo Grande e foi ‘descoberto’ pelo Santos em janeiro de 2007, após jogar em um torneio no interior de São Paulo.

“Eu fui para o campeonato e o Santos me procurou. Depois de alguns testes, comecei nas categorias de base. Foi o que sempre sonhei, fiquei nervoso. Agora é lutar para me manter na equipe principal”, contou Caio, que assinou contrato com o time profissional da Vila Belmiro e começa a jogar no início do ano que vem.

Revelado pelo Águia Negra de Rio Brilhante, o centroavante Careca (Leonir Silva Teles), de 22 anos, ficou três anos no Corinthians e, depois de passar por outros três clubes paulistas, retorna ao estado para reforçar o Comercial no ano que vem. “A expectativa é a melhor possível, optei pelo Colorado por causa do projeto que o clube tem para 2012”.

O atacante Marquinhos Cambalhota, 34 anos, jogou no Operário e atualmente está no Atlético Mineiro. Sobre planos futuros, o atleta é humilde. “Alcancei vários clubes grandes, agora é só dar sequência no trabalho”.

Volante Izabela integra elenco das Sereias da Vila (Foto: Simão Nogueira)Volante Izabela integra elenco das Sereias da Vila (Foto: Simão Nogueira)

Quem pensa que Mato Grosso do Sul só exporta jogadores homens, está enganado. Uma craque da bola que está brilhando nacionalmente é a volante Izabela Vieira, de 21 anos. Revelada no Comercial, a atleta integra o time das Sereias da Vila. “Estou no Santos desde junho deste ano e tenho que trabalhar para me manter lá”.

Veterano no Amigos da Paz, o ex-centroavante Alberto Luiz de Souza, de 36 anos, relatou que, depois que saiu do Comercial aos 15 anos, jogou em mais de 20 clubes dentro e fora do Brasil. Em solo tupiniquim, ganhou destaque no Santos. No exterior, passou por times da França, México, Japão e Rússia.

Atualmente, o ex-jogador comanda um centro de capacitação de atletas e destacou o potencial dos meninos do estado. “Cada vez mais, Mato Grosso do Sul revela jogadores de futebol. Tem que lapidar essa garotada para que eles cheguem longe.”

Outros atletas do estado, que estão em clubes nacionais e estrangeiros, participaram do Amigos da Paz. Dentre eles, o meia-atacante Rafael Ricardo, que atualmente defende o Tacran Presov (Eslováquia), o lateral Bruno, eleito o terceiro melhor lateral do Brasileirão 2011 e que está se transferindo para o Fluminense, Jean (São Paulo), Gilson (América-MG), Roberson (Sport-PE) e Eduardo Arroz (Santa Cruz).

Jogos - Craques a parte, nos dois jogos do Amigos da Paz teve goleada. Na primeira partida, os jogadores da prefeitura de Campo Grande não tomaram conhecimento dos adversários da imprensa e fizeram 12 a 1. No outro duelo, o time Amigos da Paz goleou o Sertanejo Campeão de maneira mais modesta: 6 a 2.

Sobre a goleada, o coordenador do Sertanejo Campeão, Wellington Moura, brincou que os jogadores da equipe “sabem cantar, são bons de garganta, mas não são craques da bola”. O mais importante, segundo ele, foi o “10 a 0 para a solidariedade”.

Amigos da Paz - O evento promovido pela Funesp (Fundação Municipal de Esporte) tinha como um dos objetivos a arrecadação de brinquedos para serem doados neste Natal às crianças carentes da cidade.

O presidente da Funesp, Carlos Alberto de Assis, enfatizou que o evento já virou uma tradição em Campo Grande. “É uma grande confraternização para quem gosta de esporte. O evento reúne garotos da bola, jogadores profissionais consagrados e representantes da sociedade”.

Segundo o presidente da Funesp, foram arrecadados cerca de 500 brinquedos no local.

O prefeito campo-grandense, Nelson Trad Filho, não entrou em campo e só deu uma passada rápida no Belmar Fidalgo. Sobre o Amigos da Paz, Trad reforça que é um evento “que reúne a família, mas com foco social, principalmente na doação de brinquedos”.



BOM DIA À TODOS : O IMPORTANTE DESSE EVENTO, MESMO SENDO CRAQUES OU NÃO, É A SOLIDARIEDADE A PAZ E O AMOR COM AS CRIANÇAS NESSE NATAL

QUE A LUZ DE SEMPRE POSSA ABENÇOAR NOSSOS CORAÇÕES E FAMILIARES
 
JOSÉ AUGUSTO PISTORI em 19/12/2011 12:20:41
Chamar esse jogadores de "craques" não é um pouco exagerado não?
 
MARCELLO MENDES em 18/12/2011 04:14:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions