A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

29/07/2018 08:36

De volta à realidade: clubes de futebol de MS permanecem "fechados"

Única competição prevista para o segundo semestre é a Série B, ainda sem data definida. Times da Série A do Estadual já não entram mais em campo

Gabriel Neris
Clubes tradicionais, como o Comercial, movimentam apenas as categorias de base nesta época do ano (Foto: Comercial/Divulgação)Clubes tradicionais, como o Comercial, movimentam apenas as categorias de base nesta época do ano (Foto: Comercial/Divulgação)

Passada a empolgação com a Copa do Mundo, que acabou se transformando em frustração para os brasileiros, a bola parou na Rússia e ainda não tem previsão de entrar em campo em Mato Grosso do Sul. Enquanto no circuito nacional, os torneios estão à toda prova, e a negociação de jogadores em meio à janela de trocas permitida até agosto segue movimentada, quem mora no Estado não tem nem perspectiva de ver os times daqui atuando.

Os departamentos de futebol estão todos fechados. A falta de calendário estadual prejudica os clubes. As séries B, C e D continuaram durante a Copa do Mundo. Mas o caminho de Mato Grosso do Sul na última divisão do futebol nacional já havia sido interrompido, voltando a realidade de abandono.

A única competição que deve movimentar alguns times no Estado profissionalmente é a Série B. O torneio está nas mãos da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), que aguarda 11 clubes entregarem laudos técnicos dos estádios.

Confirmaram presença Aquidauanense, Moreninhas, Pontaporanense, Misto, Maracaju, Campo Grande, Cena, Ubiratan, Ivinhema, Coxim e Serc. Ainda não há definição da tabela, o que deve fazer com que o torneio inicie somente em setembro. Desistência dos clubes neste período também se tornou comum.

Já os times da primeira divisão do Estadual ainda devem demorar para começar o planejamento para a temporada do ano que vem. O foco de praticamente todos os clubes são as categorias de base, como o Campeonato Estadual sub-19, competição que dá vaga para a Copa São Paulo de Juniores do ano que vem, e o torneio regional para meninos de até 17 anos.

Bola não rola no estádio Morenão desde o dia 20 de maio (Foto: Arquivo/Saul Schramm)Bola não rola no estádio Morenão desde o dia 20 de maio (Foto: Arquivo/Saul Schramm)

Entre estes times que ainda estão com as portas do departamento profissional fechadas é a Moreninhas. O clube deve aguardar o fim do sub-19 e os próximos passos da federação em relação ao torneio para começar o seu planejamento.

“Para se falar em projeção de trabalho, precisamos saber quantos jogos serão, a forma do campeonato, o que temos em mãos. Embora tenha intenção, não se sabe quantas equipes vão jogar”, comentou o diretor do clube Paulo Telles.

O calendário tem sido o maior drama dos clubes de Mato Grosso do Sul. O Campeonato Estadual tem sido realizado em menos de três meses. Os times campeões do ano anterior precisam se apertar para disputar simultaneamente a Copa do Brasil. Ainda há a Copa Verde, ou seja, enquanto em um período faltam jogos importantes, do outro, o número esmagador de datas até atrapalha o planejamento.

Em abril, a FFMS informou que havia o interesse em realizar uma competição interestadual no segundo semestre para movimentar alguns clubes. A ideia não saiu do papel. A reportagem procurou o coordenador de competições da entidade, Marco Tavares, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria.

No ranking entre federações da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Mato Grosso do Sul ocupa a 22ª colocação. Está a frente apenas de Tocantins, Espírito Santo, Rondônia, Amapá e Roraima. São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais dominam a parte de cima do ranking.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions