A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2019

19/01/2019 18:31

Em jogo de estreia, Comercial emplaca 2x0 e vence Serc

Gols do time vermelho ocorreram no primeiro tempo, um deles em pênalti e marcaram estreia do 41º Campeonato Sul-Mato-Grossense de futebol

Izabela Sanchez e Mirian Machado
Comercial levou a melhor e emplacou dois gols no primeiro tempo (Foto: Henrique Kawaminami)Comercial levou a melhor e emplacou dois gols no primeiro tempo (Foto: Henrique Kawaminami)

No enfrentamento que marca a estreia do 41º Campeonato Sul-Mato-Grossense de futebol, um dos jogos da primeira rodada que ocorreram em Campo Grande deu vitória para o Comercial. Acompanhado de perto pela torcida vermelha e em meio à um estádio vazio, o Comercial venceu o Serc por 2x0.

Os dois gols foram marcados no primeiro tempo, no estádio Estádio Universitário Pedro Pedrossian, o Morenão, que atraiu público de 375 pessoas. Danilo, camisa 8 fez o primeiro gol e Léo Mineiro, o camisa 9, garantiu o segundo gol no pênalti.

Técnico do Comercial, Mário Tilico, destaca que o tempo de treino, que foi de apenas 15 dias, “jogou contra os jogadores”, que ainda assim trouxeram a vitória, “tudo dentro do planejado”, comentou.

“A expectativa era grande e tudo que aconteceu foi dentro do que foi planejado. Infelizmente só tivemos duas semanas para treinar e com isso tivemos que fazer um esforço e um sacrifício. Mas valeu a pena. Sei que pouco tempo de treino faz com que os jogadores fiquem cansados, sintam a perna pesada, mas jogaram com vontade. Foi um jogo muito difícil”, declarou.

Mário também comentou o desgaste e a dificuldade do time rival. “Apesar dos jogadores não estarem totalmente preparados o importante é que deu certo. O importante é começar vencendo. Não tem como cobrar 100% pelo tempo escasso de treino”, afirma.

 

 

Jogadores disputam a bola no segundo tempo (Foto: Henrique Kawaminami)Jogadores disputam a bola no segundo tempo (Foto: Henrique Kawaminami)

Rodrigo Azevedo, técnico do Serc, tem agora a missão de preparar a “moral” do time para a próxima partida, que ocorre na terça-feira (22), no Morenão, onde os jogadores enfrentam o Operário de Dourados. Entre as dificuldades do jogo de hoje, o técnico ressaltou a troca “improvisada” de jogadores, após problemas com a documentação.

“Tivemos um pouco de dificuldade, principalmente no segundo tempo porque já tínhamos levado dois gols. É um ano de trabalho e um momento de desgosto por perder. Ocorreu tempo de treino, problemas, falhas, mas tudo isso tentaremos consertar nos próximos jogos. A responsabilidade é toda minha. Não foram eles”, afirma.

A substituição dos jogadores por conta da documentação colocou jogadores que não estavam acostumados nas posições de zagueiros e meias. “Tive que improvisar, colocar jogador onde não está acostumado a jogar, o que pode ter influenciado. Para o primeiro jogo estou bastante confiante”, pontuou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions