A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Julho de 2018

26/01/2017 09:12

Interditado desde 2014, Morenão está sendo liberado por etapas

Paulo Nonato de Souza
Morenão passou por obras de adequações ao Estatuto do Torcedor para voltar a receber jogos (Foto: Alcides Neto)Morenão passou por obras de adequações ao Estatuto do Torcedor para voltar a receber jogos (Foto: Alcides Neto)

Interditado desde setembro de 2014 por recomendação do Ministério Público Estadual, o Estádio Morenão passou por obras de adequação ao Estatuto do Torcedor, iniciadas dia 2 de dezembro de 2016, e está sendo liberado por etapas.

Na última segunda-feira, dia 23, o promotor Fabrício Proença, da 25ª Promotoria de Justiça, liberou o estádio para jogos de portões fechados, ou seja, sem público, com a condição de autorizar venda de ingressos para até 9 mil pessoas desde que fosse providenciada a retirada de entulhos, instalação de catracas, câmeras de vigilância e ar condicionado e Internet na sala da Polícia Militar.

Ontem à tarde, o vice-presidente e coordenador de Competições da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), Marco Antônio Tavares, disse ao Campo Grande News que as exigências do MPE já haviam sido atendidas, e agora pela manhã o assessor da presidência da entidade, Orlando Silvestre, informou que a liberação do Morenão para 9 mil lugares sairá até às 11 horas desta quinta-feira.

De qualquer forma, com ou sem a presença de publico, o Estádio Morenão voltará a receber jogos a partir do próximo final de semana. No domingo, sera palco do confronto entre Esporte Clube Comercial e Novoperário, às 16 horas, pela rodada de abertura do Campeonato Estadual de 2017.

Na quarta-feira, 01 de fevereiro, será a vez do Operário Futebol Clube se apresentar no estádio. Irá enfrentar o Clube União/ABC, às 20h45, também pela rodada de abertura do Estadual.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions