ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  14    CAMPO GRANDE 28º

Esportes

Justiça Desportiva dá 48 horas para Cezário se defender de pedido de afastamento

Francisco Cezário de Oliveira foi preso na Operação Cartão Vermelho na última terça-feira

Por Gabriel de Matos | 25/05/2024 21:38
Agente do Gaeco em frente a sede da Federação de Futebol de MS (Foto: Marcos Maluf)
Agente do Gaeco em frente a sede da Federação de Futebol de MS (Foto: Marcos Maluf)

O presidente do TJD-MS (Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul), Patrick Hernands Santana Ribeiro, emitiu um despacho neste sábado (25) em resposta ao pedido de afastamento do presidente da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), Francisco Cezário de Oliveira, solicitado pelo Procurador de Justiça Desportiva, Wilson Pedro dos Anjos.

Com a prisão preventiva de Cezário já decretada devido às investigações da Operção Cartão Vermelho, o TJD-MS aguarda a resposta da federação dentro de 48 horas para decidir sobre o afastamento do presidente da FFMS.

Em meio a crise, o procurador de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul, Wilson Pedro dos Anjos, solicitou não apenas o afastamento de Cezário, mas também que a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) nomeie um interventor enquanto a vaga não é preenchida permanentemente.

O pedido em caráter liminar foi feito junto ao Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul, para que a corte acione a CBF. Dos Anjos fundamentou a liminar destacando que a prisão de Cezário e grande parte da diretoria deixa a federação sem comando, o que compromete a normalidade das atividades administrativas e institucionais da entidade.

A operação "Cartão Vermelho" desvendou desvios de valores superiores a R$ 6 milhões da FFMS, no período de setembro de 2018 até fevereiro de 2023. A operação resultou em sete mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão, executados nos municípios de Campo Grande, Dourados e Três Lagoas.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias