A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/03/2015 15:23

MP assinada hoje por Dilma pode tirar Cezário da Federação de futebol

Paulo Nonato de Souza
Francisco Cezário de Oliveira comanda a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul desde 1998 (Foto: Divulgação)Francisco Cezário de Oliveira comanda a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul desde 1998 (Foto: Divulgação)

Desde 1998 na presidência da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), Francisco Cezário de Oliveira pode estar com seus dias contados à frente da entidade.

Isso porque a Medida Provisória assinada nesta quinta-feira pela presidente Dilma Rousseff, além de tratar da renegociação das dívidas dos clubes, prevê, também, o fim das reeleições infindáveis nas federações e nos clubes.

Reeleito pela enésima vez em assembleia geral realizada em Campo Grande no dia 30 de abril de 2014, o atual mandato de Francisco Cezário de Oliveira só termina em abril de 2019. Pelo que diz a MP, o dirigente não poderá se candidatar na próxima eleição na FFMS.

Ao discursar durante a cerimônia desta quinta-feira, a presidente Dilma disse que o governo espera que a Medida Provisória seja encarada como passo importante para a modernização do futebol brasileiro. A MP impõe investimento nas categorias de base e no futebol feminino.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions