A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

17/03/2018 18:10

Na estreia de novo técnico, São Paulo perde de 1 a 0 para o São Caetano

O resultado complica a equipe da capital logo no primeiro mata-mata do estadual

Guilherme Henri
Jogador Nenê lamentando derrota (Foto: Anderson Gores/ Estadão Conteúdo)Jogador Nenê lamentando derrota (Foto: Anderson Gores/ Estadão Conteúdo)

O técnico Diego Aguirre decepcionou na estreia dele com a derrota de 1 a 0 do São Paulo para o São Caetano. A partida neste sábado, no estádio Anacleto Campanella foi válida pelo primeiro jogo das quartas de final do Campeonato Paulista. O resultado complica a equipe da capital logo no primeiro mata-mata do estadual.

Conforme o Globo Esporte, as equipes voltam a jogar na próxima terça-feira, às 21h (horário de Brasília), no Morumbi. Para avançar, o São Paulo precisa de uma vitória por dois gols (ou mais) de diferença. Caso consiga apenas um de vantagem, a decisão será nos pênaltis. O empate coloca o São Caetano nas semifinais.

O Jogo - O São Paulo jogou muito mal o primeiro tempo da estreia de Diego Aguirre e voltou a mostrar as mesmas dificuldades das partidas anteriores. O São Caetano fez o que todo mundo faz contra o Tricolor: apertou a marcação no ataque e confundiu a saída de bola.

Com muitos erros de passes e bastante lento na transição, o São Paulo pouco incomodou no ataque. Valdívia foi o único a destoar da morosidade ofensiva. Diego Souza ficou escondido entre os zagueiros, enquanto Nenê e Cueva foram facilmente marcados. O Azulão criou chances. Na melhor delas, aos 44, Nonato exigiu grande defesa de Jean.

Aguirre optou por não mexer no intervalo, e o São Paulo continuou muito mal. O São Caetano voltou mais incisivo no ataque e chegou ao gol aos sete minutos. Jean errou feio ao tentar cortar o cruzamento de Alex Reinaldo, e Chiquinho só desviou para as redes.

O São Paulo teve uma leve melhora com a entrada de Marcos Guilherme no lugar de Cueva aliada ao recuo do Azulão. Diego Souza, de cabeça, quase empatou aos 20. Aguirre ainda colocou Bruno na vaga de Militão e Liziero em substituição a Jucilei, mas o Tricolor não deslanchou. Bem fechado, o São Caetano conseguiu segurar a vantagem para o segundo jogo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions