A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

15/03/2015 10:47

Torneio de Beach Tennis reúne atletas do Estado e de Curitiba

Caroline Maldonado e Raíza Calixto
No torneio de hoje, disputam atletas de Campo Grande, Bonito e Curitiba (Foto: Alcides Neto)No torneio de hoje, disputam atletas de Campo Grande, Bonito e Curitiba (Foto: Alcides Neto)

Não tem praia, mas tem areia e sol. É o suficiente para 40 atletas, que se reúnem na manhã desse domingo (15), no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, para o 4º Open Pantanal Beach Tennis MS. A disputa marca a segunda etapa do circuito Pantaneiro.

O esporte é mais comum no litoral, mas a disputa em Campo Grande tem até um atleta indicado pela Associação Santista de Beach Tennis para concorrer ao prêmio de melhor Master do Brasil. A competição será em abril em Santos (SP). Caso o professor de Educação Física Rosinaldo Ferreira leve a melhor, será o primeiro representante de Mato Grosso do Sul a ganhar o troféu treinando em uma cidade sem praias.

Rosinaldo é um dos pioneiros do esporte na Capital. Quem teve a ideia de difundir a modalidade por aqui foi o amigo e também professor Mario Zeni. Em 2010, ele foi para João Pessoa (PB), onde se apaixonou pelo esporte. Rosinaldo topou o projeto de criar points, que começou com cerca de oito atletas. Hoje, já são mais de 150 pessoas participando das competições na Capital e no interior do Estado.

Dentre os atletas que competem nessa manhã, um veio de Bonito. O professor Marcos Felipe, 27 anos, participa pela terceira vez. Ele conheceu o Beach Tennis por meio da amiga Dilene Barbosa, que hoje é sua parceira. Marcos desembolsou cerca de R$ 300 com hospedagem e alimentação só para competir. A despesa vale a pena, segundo ele que considera como um investimento.

Treinando há um ano e três meses, a professora de Educação Física, Silvia Echeverria, 53 anos, disputa na categoria master. Ela conheceu o esporte por meio da neta de 12 anos. A professora passou a treinar e motivou a filha a praticar o esporte também. Com tanta gente engajada na família, Silvia já pensa em criar um point no bairro Recanto dos Pássaros, onde mora. “Em abril do ano passado, eu fui para Santa Catarina disputar o primeiro torneio. Perdi nas quartas de final. Mas aí em junho fui para outro torneio em Santos (SP) e cheguei até a semi-final”, conta a professora, que pretende insistir numa vitória, pelas praias do Brasil.

Professores de Educação Física difundiram o esporte no Estado (Foto: Alcides Neto)Professores de Educação Física difundiram o esporte no Estado (Foto: Alcides Neto)
Torneio de Páscoa será no sábado (21) para as crianças (Foto: Alcides Neto)Torneio de Páscoa será no sábado (21) para as crianças (Foto: Alcides Neto)

Com apenas 16 anos, o estudante Eduardo Canauba, já tem vitórias para comemorar e planos mais arrojados. Ele descobriu o esporte na escola dos professores que trouxeram a modalidade para o Estado e treina há um ano e três meses. Eduardo já viajou para Santos, Maringá e Bonito para competir. Em Santos, foi campeão mundial na primeira etapa de 2015, pela categoria Simples B. “Daqui dois anos, eu pretendo ir para a Aruba, na Itália, onde o esporte teve início, para disputar profissionalmente e deixar a família mais orgulhosa”, comentou.

Competição - No torneio de hoje, disputam atletas de Campo Grande, Bonito e Curitiba, segundo a organização. O evento, que tem categorias masculino, feminino e mista, começou as 7h30 e seguirá até as 11h, com entrada gratuita. Podem praticar o esporte desde de crianças de 10 anos até idosos de 60 anos.

Segundo Rosinaldo, Campo Grande conta com seis points para prática da modalidade, sendo que o melhor deles é o do Parque das Nações, que tem oito quadras montadas, mas o espaço tem capacidade para 16 quadras. Os competidores contam com um árbitro geral e os próprios jogadores contam a pontuação. Há um set de seis games. Se houver empate, a final é de um set de oito games.

Páscoa - O próximo torneio está marcado para o próximo sábado (21). Será um evento para as crianças, em comemoração a Páscoa. Quem quer participar dos treinos e levar as crianças para se preparar para o torneio, pode ir até o Parque das Nações, sempre de terça-feira a domingo, a partir das 17h.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions