A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


27/08/2014 06:00

Alcides Bernal perde mais uma na Justiça

Edivaldo Bitencourt

Arquivado – O Superior Tribunal de Justiça arquivou ação de Alcides Bernal (PP) para retornar ao cargo de prefeito de Campo Grande. O pedido foi negado pelo pleno da corte. O STJ manteve decisão do Tribunal de Justiça em favor do atual prefeito, Gilmar Olarte (PP).

Esperança – Bernal vem alardeando para os mais próximos que tem chance de voltar ao cargo nos próximos dias.

Amor – Os candidatos a governador prestigiaram o desfile cívico para demonstrar "amor" a Campo Grande, maior colégio eleitoral do Estado. Bateram ponto, Delcídio do Amaral (PT), Reinaldo Azambuja (PSDB) e Nelsinho Trad (PMDB).

Sem volta – PMDB de Mato Grosso do Sul não deve abandonar o PSB. Nesta semana, Nelsinho  oficializa o apoio à candidatura de Marina Silva a presidente da República.

Em alta – Em alta nas pesquisas nacionais, que começaram a ser divulgadas ontem, a ex-senadora pode embalar a campanha de Nelsinho Trad no Estado.

Dia corrido – O prefeito Gilmar Olarte teve fôlego para participar de uma maratona de eventos em comemoração aos 115 anos da Capital. Começou de madrugada com serenata aos ex-prefeitos, depois foi ao desfile, ao almoço e terminou com participação na Marcha para Jesus.

Milagre na face – Os candidatos a deputado estadual estão apelando muito mais aos “milagres” do photoshop. No fim de semana, teve eleitor que não reconheceu o candidato em carne e osso durante corpo-a-corpo em uma feira da Capital.

Só pode ser outro – Uma eleitora se apaixonou pelo candidato ao ver a foto no santinho. No entanto, quando viu o homem de perto, ficou espantada e decepcionada. “Nossa, até parece outra pessoa”, dizia, pasma com os efeitos do photoshop.

Professor – O governador André Puccinelli (PMDB) vem atuando como professor nesta campanha eleitoral. Ele vem ensinando aos mais jovens como abordar os eleitores e pedir para adesivar os carros. Em outro evento, corrigiu candidato sobre os dados da administração peemedebista, que estavam sendo divulgados de forma errada.

TraíraCandidatos a deputado estadual e federal começam a jogar contra o próprio time. Eles realizam evento para pedir votos, mas, quando chega na hora do candidato a governador, pedem voto, na maior cara de pau, para o adversário. E em último caso, deixam o eleitor a vontade para escolher o candidato a governador que achar melhor.

(colaborou Eduardo Penedo)

Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...
"Nem a pau", diz Correa sobre desistir de ação contra JBS
Negativo - “Nem a pau”. Essa foi a reação do presidente da CPI da JBS, Paulo Correa (PR), à cogitação de retirar a ação contra a empresa, para preser...
Bonito quer bombar com shows gringos no Carnaval
Bombando - Empresários estão investindo pesado no Carnaval de Bonito 2018. Além da celebridade internacional Paris Hilton, uma das atrações em negoci...
Fábrica planeja investimento de meio bilhão em porto
Projeto ambicioso – Depois de inaugurar mais uma unidade em Três Lagoas, ampliando a produção de celulose, a Fibria negocia com a ampliação da estrut...



Uma pergunta: Será que os candidatos do PP são mudos? Só o Bernal fala por eles!!!
 
emerson silva em 27/08/2014 09:56:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions